domingo, 24 de fevereiro de 2013

Pensar com o Coração

  “Será que no fim das contas, os antigos egípcios não estavam malucos?
   Coração e cérebro tem mesmo a ver um pouco mais um com o outro, do que pareciam ter?”
[Nihil]


   O coração é apenas um músculo que bombeia sangue.

  A INTELIGÊNCIA vem do cérebro ou do “espirito”.



















   Mas para desenvolver a meditação vamos nos enxergar apenas como maquinas biológicas e considerar que todo pensamento vem do órgão biológico cérebro.
  Eu estudei anatomia na escola e me interessei pelo funcionamento do corpo humano, li vários livros.
  Sei varias coisas, por exemplo, para prolongar a boa forma é melhor se privar um pouco de comida que se alimentar em excesso.
  Nosso corpo precisa de vários compostos então a variedade é mais importante que a quantidade.
  Temos vasos sanguíneos em nosso corpo muito fininhos e exercícios físicos promovem uma boa circulação do sangue mesmo nos menores vasos melhorando a oxigenação em geral.
  Então uma pessoa INTELIGENTE com acesso a informações pode decidir cuidar melhor do seu corpo e faz isto com mais eficiência que uma pessoa descuidada ou com pouca DETERMINAÇÃO para fazer o que é certo.


  Para não falar só dos sedentários vamos lembrar também daqueles ratos de academia que sempre colocam sua forma física no limite e sabemos que o corpo como qualquer maquina não foi feito para operar sempre no limite.
  É como aquele motociclista inteligente que dirige com prudência sua moto e faz a manutenção adequada, viver é sempre um risco, mas sua “probabilidade” de sofrer algum acidente grave fica bem diminuída.
  Os antigos estavam certos sim, mas em outra proposta:

  “Se a cabeça não pensa o corpo padece.”







anterior                       <>                                próximo