domingo, 1 de setembro de 2013

Fórmula Magica

  “Não há formula mágica para a felicidade ela é feita de momentos, quem vive em busca de sua plenitude, vive uma ilusão.” [Alisson Davidson]
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
  Hã, diante desta complexidade que conselho eu lhe daria? Vamos ver?
  Meu amigo, minha amiga…NÃO TEM CONSELHO NENHUM!

  Esse aqui é o primeiro Blog realmente de “auto ajuda”, se você mesmo não se ajudar a Filosofia também não pode fazer nada por você.

  No entanto,  acredito que enxergar um pouco mais que os outros pode ser muito vantajoso.
  Se percebe que esta em uma Empresa boa e mesmo assim anda um tanto desanimado, talvez como a maioria das pessoas você não goste da trabalhar. 
  Faça o que tem que fazer da melhor maneira possível [poucos conseguem trabalhar no que gostam] se aparecer uma oportunidade de progresso dentro da Empresa a abrace, mas tenha em mente que qualidade de vida não é só quantidade de dinheiro.
  Você tem certeza que esta em uma Empresa ruim? 
  Pare de acumular dividas e faça poupança, é bom estar no azul antes de tentar uma outra empresa.
ºººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººº
  Lembrei agora de uma Empresa que fiquei apenas uma semana, nunca pensei que faria isso, mas com meus conhecimentos foi tempo suficiente para perceber que estava em um péssimo lugar.
  Dá muito MEDO desistir de tudo, mas é importante enfrentar nossos medos ainda mais quando a lógica nos mostra de maneira tão clara que os valores da Empresa não são os nossos. 
  Um discurso na admissão muito bonito, mas ao conversar com os funcionários vemos que é só mesmo um discurso bonito de admissão.
  O salário não era bom entretanto ficava ótimo com o “convite obrigatório” para horas extras e esta ilusão de valor satisfazia muitos indivíduos.
  Sou da opinião que hora extra não é salário, é uma situação emergencial ou deveria ser.
  Ao desistir de tudo vi a decepção de minha família comigo, mas sabem de um coisa?   
  Eu fiz muito bem.
  Se ficasse naquela Empresa não teria o trabalho que tenho hoje, pois a carga horária era muito puxada, não teria tempo para estudar, nem o concurso teria prestado, folga ali era coisa rara.

  Bem, espero que esqueçam essa coisa de formula mágica para o sucesso. As situações são muito complexas, muito particulares, cada caso é um caso.

  Os enigmas que a vida lhe propõe só você mesmo poderá decifrar. 
  O que é importante para seu “conselheiro profissional” pode não ser para você, para ele por exemplo pode ser horrível ser puxa saco, mas você pode ser muito bom nisso e que mal tem em elogiar o chefinho…HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!
  Se meus conhecimentos lhe forem úteis de alguma maneira fico alegre, se não jogue no lixo não tenho grandes problemas com rejeição.
  Boa Sorte! Tudo de Bom!


Não tenha vergonha de admitir seus medos, tente enfrenta-los sempre que “necessário.”



anterior                       <>                                próximo
Postar um comentário