quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Imagine

   “Às Vezes construímos sonhos em cima de grandes pessoas… O tempo passa… e descobrimos que grandes mesmo eram os sonhos e as pessoas pequenas demais para torná-los reais!”
  [Bob Marley]


 Gosto da Internet por conta dessa pulverização da informação e de idéias.
  Observo que Marx e Freud causaram grandes males a humanidade com suas ideologias.
  Não! Absolutamente não os estou demonizando, a curto prazo o que eles propuseram pareciam grandes sacadas, ideologias geniais.
  O tempo passou e seus resultados são INSATISFATÓRIOS como tenho argumentado em muitos textos e aqui ou no meu dia a dia não encontro ninguém com argumentos razoáveis para defende-los.
  Claro que só consigo ter essa visão porque me encontro no futuro muito distante de Marx e num futuro distante de Freud.
  Logo, o que me incomoda não é Marx e Freud terem proferido suas ideologias, eram idéias grandiosas e mereciam ser testadas e foram à exaustão.

  Podem até continuar a serem testadas em alguns países mais [digamos] “românticos” como Venezuela ou Cuba, mas em escala mundial deveriam ir para livros de história como ideologias que prometeram muito mais do que entregaram ou foram capazes de realizar de bom.

   Gostaria de me sentir uma pessoa especial por perceber a ineficiência das ideologias de Freud e Marx.
   Queria ter um Q.I. maravilhoso, ser um gênio a altura de meus amigos mortos, mas matematicamente isto não é observável, tenho tantas dificuldades na vida, não sirvo para fazer com excelência praticamente nada [para não dizer nada].
  Como tive uma vida medíocre não pude testar muitas coisas, tive que agarrar o pouco que a vida colocava no meu caminho, talvez exista algo que eu seja muito bom, mas ainda não “tropecei” nisso uma vez que nesses casos podemos dispensar até a sorte, pois o sucesso acontece meio que no “automático”, mas precisamos ser realmente muito bons.
  Oras, então perguntarão o que me incomoda?
  Que essas coisas absolutamente claras para eu não sejam percebidas ou colocadas em pratica por outras pessoas, muitas visivelmente com um intelecto bem superior.

  Minha grande tara em participar de GDs era que alguém ou muitos acabassem com minhas teorias.
  Lembrei agora de certa vez ter cruzado com um nique intitulado “Iconoclasta” que mais tarde talvez tenha se transformado em “Icon”.
  Tinha um conhecimento incrível, notava-se que era uma pessoa extremamente culta, mas… mais silenciou que abalou algumas de minhas teorias.
  E assim o tempo foi passando, engenheiros, médicos, professores, teólogos, físicos, dentistas, empresários, advogados…enfim o que eu tanto procurava não consegui encontrar.

  Alguém que destruísse minhas teorias e me trouxesse de volta a realidade.

   Na maioria dos GDs só consegui ser censurado, sem dizer um palavrão, sem propor nenhum crime, simplesmente algum moderador excluía meus textos se esses não fossem do seu agrado [agrado da sua ideologia].
  O último que saiu do ar foi o GD Terra, onde até que experimentei um bom nível de liberdade, talvez eles nem mantivessem moderador por lá.
  O penúltimo foi atendendo um convite por e-mail do PSDB, pensei que poderia expor meus pensamentos livremente não sabia que deveria só elogiar o partido. O resultado é que depois de 2 ou 3 textos excluídos desisti.

  O sonho de ver as ideologias de Marx e Freud sendo aposentadas na história da humanidade é muito grande e só encontro pessoas pequenas demais para torna-lo realidade.

  Escrevo este Blog como um naufrago em uma ilha deserta manda bilhetes em garrafas com pedidos de socorro.
  Quem sabe alguma dessas mensagens chegue a um ESCOLHIDO, ou convença muitas pessoas pequenas que juntas farão surgir um grande movimento.
  Algumas frases ou palavras poderiam definir não exatamente esse Blog, mas se aproximariam de um resultado satisfatório.
  Testamento, esperança…pedido de socorro.

  Já que não encontrei ninguém que me trouxesse para a realidade, estou começando a acreditar que sou um dos poucos que vivem nela, isso explicaria a solidão, o andar na contra mão.
  Estou indo de encontro a realidade enquanto a única coisa que os outros querem é se afastarem dela criando “realidades alternativas” com seus dogmas e ideologias que ainda não deram certo, “mas isto não quer dizer que nunca darão.”
  Enquanto isso “imaginam” um mundo Comunista e uma psicologia que nos prove que somos apenas maquinas biológicas à espera de uma droga milagrosa, ou uma prosa [psicanalise] que nos liberte de nossas “heranças ancestrais”.
  Pode ler esse texto ao som de “Imagine” de Lenon, só não me peça para ouvir também.
  Imagine para eu é um hino Comunista, uma letra que dá a ilusão de um pensamento profundo, mas não corresponde a uma realidade observável.
  Não somos todos iguais, cada um tem seu talento e sua incompetência, nem devemos tentar sermos todos iguais esta não é nossa NATUREZA precisamos aprender conviver harmoniosamente com nossas DIFERENÇAS [Yin/Yang].

   O Comunista Lennon morava em Nova Iorque!

  Um centro “Capitalista” do planeta, nada mais HIPÓCRITA, nada mais Marxista…



  Os fãs de Lennon devem estar me detestando, querendo dizer o quanto sou idiota, babaca, o que eu posso dizer…pegue uma senha e entre na fila.
 [Porque acham que sou excluído de Gds?]


  “Imagine que não exista nenhum paraíso,
[Morreu acabou, não há algum tipo de continuidade ou “salvação]

 Nenhum inferno abaixo de nós, Sobre nós apenas o firmamento.
[Somos apenas maquinas biológicas, se não há paraíso também não há inferno]

Imagine todas as pessoas; Vivendo pelo hoje...  
[Só existe o presente]

  Imagine que não exista nenhum país, Não é difícil de fazer.
Nada porque matar ou porque morrer, Nenhuma religião também.
[Não é difícil imaginar isso foi o que Stalin e Hitler tentaram fazer]


  Imagine todas as pessoas; Vivendo a vida em paz...
[Já escrevi sobre isso, Stalin ou Hitler manteriam a Terra em paz porque ocorreria uma eugenia e ninguém com força para se opor ao Governo.]

  Imagine nenhuma propriedade,
[No Comunismo toda propriedade é do Estado]

  Nenhuma necessidade de ganância ou fome,
[Como acontece em Cuba, Coreia do Norte, China?]

  Uma fraternidade de homens. Imagine todas as pessoas
Compartilhando o mundo todo.
[Todo homem é puro, bom e fraterno a sociedade a sua volta é que o corrompe...acredite se quiser]

  Você talvez diga que sou um sonhador,
  Mas eu não o único.
  Eu espero que algum dia você junte-se a nós,
  E o mundo viverá como um único.”

[Tô fora! Toda essa prosa bonita ainda não deu certo e nem dá sinais que um dia vai dar.]



anterior         <>              próximo

Postar um comentário