quarta-feira, 14 de maio de 2014

Folha em Branco

  “O verdadeiro professor defende os seus alunos contra a sua própria influência.”
[Amos Bronson]


  A sociedade Freudiana acredita piamente que nascemos uma folha em branco ao mesmo tempo que defende teses sobre transmissão genética dos comportamentos.

  A princípio parece algo digno de um pensamento 3D com dois planos coexistindo e até aí não observo grandes problemas, mas o modo como a Psicologia flutua por esses planos é algo MEDONHO.
  Lembram em um texto sobre UFC quando eu disse que não existe a melhor luta, existe o melhor lutador?
  Aqui no Abismo somos atingidos por milhares de pensamentos, elaborar teses e teorias depois de algum tempo é algo como crianças brincando com Lego, fica muito fácil, o difícil por vezes é explicar o que criamos, o que construímos.

  Flutuar no Abismo dos pensamentos sem buscar a LÓGICA fica uma viagem surreal, algo como Alice no País das Maravilhas.

  Por esses dias vi uma imagem que me deu nojo, um aluno depois de ser repreendido por uma Diretora no Colégio a agrediu com um forte chute.  Clique Aqui
  Sabem o que irá acontecer? NADA!

  “O pobre aluno estava sob forte estresse, a culpa é da mídia, dos pais, do capitalismo, de um encosto demoníaco, da escola que não esta preparada…”

  É, senhoras e senhores aquela pestinha de 15 anos não pode ser responsabilizada por nada, afinal o pobre coitado não escolheu sua “herança ancestral” seu comportamento é resultado do que o ambiente fez com ele...segundo as teses mais correntes na nossa Psicologia.
ºººººººººººººººººººººººººººººººººººº
  Vou sair da Psicologia que já esta me dando azia.
  Como não sou freudiano EU vi uma PESSOA chutando outra PESSOA que estava apenas fazendo o que era certo, orientando o aluno a permanecer na sala de aula e não ficar andando pelos corredores.
  No dia seguinte a sociedade Freudiana montou seu circo, guardas armados de fuzil em frente ao colégio!
  O aluno havia ameaçado a diretora de morte.
  Quando a reportagem for embora os soldados irão também e a Diretora ficará jogada a própria sorte, quem filmou a agressão também corre perigo.
  A polícia até poderá voltar, afinal o cadáver da diretora precisará ser recolhido… caso o pior aconteça.

  Certo dia sugeri em um debate que crianças muito violentas e indisciplinadas deveriam ir para colégios especiais com disciplina militar e com grande carga horária, não preciso nem dizer que foi porrada por todos os lados.
  -“O garoto ficaria marcado.”
   Oras, se o garoto não quer ficar marcado que se comporte como pessoas civilizada.
  Só a existência desses internatos já faria o garoto pensar 2 vezes antes de agredir alguém.
  Mas com as teorias Freudianas que construíram, tudo que ele precisa é de mais carinho, mais amor, mais compreensão, se ele te chutar o traseiro dê logo o fiofó para ele… era para ser uma piada, mas não estou conseguindo rir.

  Para quê guardas com fuzis na escola?
  É um garoto de 15 anos com endereço conhecido, façam campana na casa dele, aterrorizem a vida dele como ele faz com muitos no colégio, mostrem a ele que se ele insistir nesse comportamento a Sociedade será muito dura com ele.
   É obvio que não podemos ficar só na ameaça, devemos desenvolver pensamentos onde este tipo de pessoa sofra alguma punição, conheça o limite do que estamos dispostos a ACEITAR.

  Tá, o Freudianismo diz que não podemos trazer mais traumas para essa pessoa, acontece que MATEMATICAMENTE é uma criança problema para 400 boas, houve uma grande manifestação dos alunos em apoio a Diretora.

  E o trauma nesta outras 400 crianças tendo que conviver com um pentelho desses e encontrando na porta da escola guardas com fuzis?
  E o trauma dessa Diretora em ser agredida tão gratuitamente e a partir de agora saber que sua vida esta em constante risco?
 A pestinha a ameaçou de morte e se isso acontecer ele “se” for preso fica na cadeia até os 18 anos saindo de lá com uma ficha totalmente limpa.
  Será que não estamos desvalorizando demais a vida de uma pessoa trabalhadora e honesta em prol de um projeto de delinquente?
ººººººººººººººººººººººººººººººººººº
  Mas esse texto eu dedico aos professores e não, não serei piegas, nesse Blog não escrevo o que todo mundo escreve, coisas que você pode ler em qualquer lugar.

  Os professores são muito Freudianos, eles mesmos criam o álibi para esses delinquentes, os delinquente se convencem que seu mau comportamento é culpa da sociedade a sua volta.

 Professores, parem de transmitirem esses “valores”, se limitem a transmitir CONHECIMENTOS.

  Lutem por punições mais severas para crianças indisciplinadas, não se limitem a colocar a culpa nos pais mesmo que eles possam ser culpados por uma ou outra coisa.
  Essa teoria de que todo homem nasce bom já esta mais que comprovada que é furada.
  Sendo duros nas punições mostraremos a esses indivíduos desde de cedo que eles não tem licença especial para vandalizar.
  Não se trata de ficar buscando culpados, sei lá porque o indivíduo nasceu assim, podemos até continuar pesquisando, apenas analisemos a SITUAÇÃO e tomemos medidas EFICIENTES, se não para “cura-los” pelo menos para torna-los mais civilizados e nos protegermos.

  Monstros já nascem monstros e se não formos desde cedo duros com eles preparem seus traseiros, pois muitos de nós seremos chutados, roubados e baleados.
  Medidas disciplinares deveriam ser pensadas e bem duras, não podemos tratar esses garotos como anjinhos inocentes, são PESSOAS e devem ser responsabilizadas por seu atos.
  Para esse garoto eu daria 1 mês de prisão na solitária e ameaça de penas maiores por reincidência.
  Hã, ele ficaria traumatizado?

  O que é o trauma dele diante do terror e péssimo exemplo provocado em 400 crianças mais o risco de morte de uma Diretora trabalhadora e honesta?

  “Decifra-me ou te Devoro!”



  A diretora desistiu de prestar queixa, afinal o garoto de 15 anos esta acima de toda e qualquer lei, melhor se calar diante dele.... clique aqui


anterior         <>              próximo
Postar um comentário