segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Herança de Lula

  “BRASIL TERÁ 50 MIL IMIGRANTES HAITIANOS ATÉ O FIM DO ANO.
  Pesquisa da PUC Minas revela que 40% dos haitianos no Brasil têm curso médio e 30% trabalham na construção civil.” [emcom]
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
  Passeando pela Internet tive alguns debates e li notícias sobre esse tema, destaquei alguns tópicos:

 1 - “Embora estejam em 286 cidades brasileiras, 75% dos haitianos estão concentrados em São Paulo, em torno de 10% em Manaus e 7% – cerca de 3 mil – em Minas Gerais, sobretudo em Belo Horizonte e Esmeraldas e Contagem, ambas na Grande BH.”  [emcom]

  Observem que o grosso deles vem para SP por vontade própria, daqui uns 20 anos irão dizer que foram explorados aqui e que temos uma dívida histórica com eles como se tivéssemos os caçado e trazido a força ao nosso Estado para trabalharem de escravos.

2 - São Paulo propõe 'pacto nacional' para imigrantes. A medida é a resposta paulista ao crescente fluxo de refugiados do Haiti que chegaram à capital, com passagens pagas pelo governo do Acre.
 E o que eles (haitianos) faziam no acre?”  [G+]

  O governo Lula além de manter o exército brasileiro policiando o Haiti abriu nossas fronteiras para imigrantes daquele país.
 Só com o exército já gastamos cerca de 2 bilhões.
 Lula era obcecado por uma cadeira no conselho de segurança da ONU e quis ganhar prestigio internacional ajudando o Haiti depois daquele terrível terremoto.
  Com garantias do governo federal os haitianos começaram a chegar aos montes no Acre.
  Claro que o Acre não tem condições de receber refugiados e agora mais essa trapalhada de Lula prejudica o país inteiro...
  Sinto muito pelos haitianos, mas o Brasil só tem condição de acolhe-los nos devaneios populistas de Lula.
  Na realidade estamos com um problema que só tende a piorar e muito.

3 - “Coitados [dos haitianos) !!! A paulistada não suporta os nordestinos que são irmãos, legítimos brasileiros... imagine os pobres haitianos. Vão comer o pão que o diabo amassou... [G+]

  Quem abriu a fronteira foi o governo Federal é ele que tem que cuidar.
  Mais uma vez a Dilma vai fazer caridade com o bolso dos paulistas!?
  PORQUE BRASÍLIA NÃO RECEBE A TODOS?


4 - “William tem fonte para esse "projeto de lei" que os transformaria (Haitianos) em eleitores?”  [G+]

  Tenho:
  “O deputado Carlos Zarattini (PT-SP) quer aprovar uma mudança na Constituição

 PARA PERMITIR QUE ESTRANGEIROS POSSAM VOTAR DEPOIS DE QUATRO ANOS DE RESIDÊNCIA NO BRASIL.

 Pela atual legislação, apenas cidadãos naturalizados têm o direito de ir às urnas. Na justificativa de sua proposta, Zarattini cita os milhares de haitianos, bolivianos e nigerianos que chegaram ao Brasil recentemente. Ele também faz referência no texto à campanha "Aqui vivo, aqui voto", que conta com o apoio de movimentos sociais e partidos de esquerda.

   “Assinada pelo deputado federal Carlos Zarattini, do PT de São Paulo, a PEC 347/2013 dá direito ao voto aos estrangeiros com situação regularizada que vivem no território nacional há mais de quatro anos. “Acho quatro anos razoável, dá tempo de construir uma vida aqui”, sugeriu Morgann, que se mudou para o Rio de Janeiro há apenas 10 meses e ainda não se sente no direito de eleger representantes para o Brasil.” [Diário de Pernambuco] Clique Aqui
____________________________          
  Imediatista é a pessoa que não avalia o resultado de suas ações a longo prazo.
  Falamos vulgarmente que ela “não enxerga um palmo adiante do nariz.”
  Essa é uma péssima característica para qualquer um, mas em se tratando de governante é catastrófico.
  Mesmo que a intenção seja excelente a ação pode trazer graves consequências.
  Suponhamos que uma pessoa pede ajuda a você; qual o problema dela?
  Está com uma faca cravada na costa.
  O pensamento imediato é retirar a faca, mas qualquer um com conhecimentos básicos de primeiros socorros sabe que isso não deve ser feito.
  A vítima deve ser levada ao hospital mais próximo para que esse procedimento seja feito lá.
  De certo a lâmina cortou veias e enquanto ela permanecer cravada impede uma hemorragia descontrolada.
  No hospital quando eles retirarem a lâmina estarão prontos para fazer os reparos necessários.
  Se você tirar a faca e demorar para fazer os reparos a vítima morre de hemorragia interna.
  Sua “boa ação” de retirar a faca acaba matando a vitima.

  Vamos ver se encontramos alguma inteligência na ação de Lula no caso do Haiti?

  Houve o terremoto, nos unimos ao mundo para socorrer as vítimas.
  O desejo de todos é que um terremoto dessas proporções não aconteça em nenhum país, mas uma vez que aconteceu e ocorreu tanta destruição queremos ajudar reconstruindo as moradias, a infraestrutura e até oferecendo abrigo em nosso país... queremos “tirar a faca cravada na costa.”
  O Haiti nunca foi um país bom para viver mesmo antes do terremoto, quando você abre a fronteira seus cidadãos em fase produtiva vão optar por viver em um país melhor...não eles não vão para Cuba...HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!
  Como Estados Unidos e Canada não foram tão “generosos” ... o Brasil é a melhor opção.
  O duro é que o Brasil atrai mão de obra em fase produtiva que poderia fazer a diferença na reconstrução do Haiti, mas que acaba vindo para cá e tira mais postos de trabalhos de cidadãos brasileiros.

  Já tínhamos mandado efetivo de nosso exército, fizemos doações... como não somos um país de primeiro mundo ninguém esperava muito mais da gente, mas Lula de olho em uma cadeira no conselho de segurança da ONU e/ou o prêmio Nobel da Paz achou por bem abrir nossas fronteiras de maneira especial para os haitianos.
  Bem...ainda não temos uma cadeira no Conselho de Segurança da ONU e nem Lula ganhou seu cobiçado prêmio Nobel.

  Mas “fique alegre” recebemos milhares de imigrantes haitianos que continuarão chegando aos montes para o “progresso da nossa nação”.
  São pessoas que nem ao menos falam nosso idioma é evidente que o aproveitamento deles mesmo para trabalhos mais simples é dificultoso.
  Imagine a seguinte situação: 
  Não somos um país de alta escolarização, o que não falta aqui são pessoas de baixa renda com educação até inferior ao dos haitianos que estão chegando.
  Você precisa de uma balconista em sua loja, porque optaria por uma haitiana?

  Só se ela trabalhasse de maneira clandestina e custasse bem menos que uma brasileira.
  [É o que acontece com bolivianos]

  O mesmo vale para uma empregada doméstica, baba, pedreiro...
  Operador de telemarketing sem o domínio do português...é um tanto complicado.
  Quero dizer que com nossa economia em baixo crescimento é difícil absorver até nossos conterrâneos imagine gente com baixa qualificação vindo de fora.
  Esses haitiano que estão chegando, com medo da extradição não se envolverão em crimes, mas é evidente que terão filhos e esses não poderão ser extraditados.
  Se não desviarmos bastante dinheiro dos impostos para dar uma infância digna a essa segunda geração eles crescerão em grave situação de pobreza algo que propicia muito ao mundo do crime ainda mais com nossa legislação tão condescendente com menores infratores.
  Não estou inventando nada, se você olhar para qualquer país que recebe muitos imigrantes verá que muitos não se adaptam e acabam na criminalidade e mendicância.
  Claro que isso ocorrerá com muitos haitianos a não ser que sejam os melhores humanos que já habitaram esse planeta... pessoas quase angelicais.

  Por qualquer ângulo que olhamos, a ação de Lula com relação ao Haiti foi catastrófica pra nós e será por muitos anos.
  Ele conseguiu prejudicar até o Haiti tirando dele pessoas saudáveis que seriam importantes na reconstrução daquele país.
  A decisão imediatista e populista de Lula não é um caso isolado, vemos muito disso no mundo inteiro.
  Boas intenções ou “interesses” inconfessáveis deixando o bom senso e a racionalidade de lado.



     “Antigamente os imigrantes pobres tinham sua utilidade fazendo o serviço “pesado”, mas hoje as maquinas fazem as operações mais insalubres.
  Compensa mais os países desenvolvidos investirem em tecnologia.
  Maquinas de lavar roupa, comida pronta, ferros elétricos mais eficientes, escolas maternais, maridos que dividem o trabalho de casa com a esposa... facilitaram as tarefas domésticas.
  É raro você encontrar empregadas domésticas em famílias de classe média americana, hoje em dia NÃO COMPENSA.
  No Brasil já está ocorrendo isso, são muitos encargos.
  É melhor contratar uma faxineira 2 vezes por mês e cada membro da família dar sua contribuição para manter a casa em ordem.
  No campo é mais interessante treinar um brasileiro para operar uma grande colheitadeira que permitir a entrada de 100 haitianos para fazer o trabalho manualmente.
  Além de não serem tão eficientes quanto a colheitadeira eles terão filhos, usarão toda nossa infraestrutura e benefícios sociais.

  DEFINITIVAMENTE, EM 2014, IMPORTAR POBREZA É UM PÉSSIMO NEGÓCIO.


  Devemos estimular que cada povo resolva seus problemas dentro de suas fronteiras.”   Clique Aqui




▬▬▬//▬▬▬
  NO BRASIL O ÚNICO ESTADO QUE CONSIDERO MELHOR QUE SÃO PAULO É SANTA CATARINA.

  A sorte deles é que recebem menos imigrantes.

  Aqui em SP vem muita gente de outros estados (e até países) com cultura ineficiente esperando tudo de um Estado Paizão.
  São ótimos eleitores para governantes populistas.

  O GRANDE MÉRITO DOS CATARINENSES É VOTAREM MELHOR QUE A MÉDIA DOS BRASILEIROS.

  Outra sorte deles é terem recebido no passado muitos imigrantes alemães, uma cultura muito eficiente.

  Aqui em SP o Governo Federal está nos empurrando goela abaixo haitianos, cultura pra lá de ineficiente.

“Embora estejam em 286 cidades brasileiras, 75% dos haitianos estão concentrados em São Paulo, em torno de 10% em Manaus e 7% – cerca de 3 mil – em Minas Gerais, sobretudo em Belo Horizonte e Esmeraldas e Contagem, ambas na Grande BH.”




Anterior          <>        Próximo
Postar um comentário