sábado, 27 de junho de 2015

Mulheres Vazias

 “O dinheiro só impressiona mulheres vazias.
   Quando a mulher é trabalhadora e se sustenta, homem com dinheiro não significa nada!” [Post no G+]

Não é bem assim a não ser que a mulher seja TROUXA.

  Mulher bem posicionada deve dar “preferência” a homem bem posicionado.
  Imagine uma mulher que ganha 10 mil por mês casando com um homem que ganha 1 mil sem grandes perspectivas de melhora.

  CLARO QUE ELE VAI ACABAR USUFRUINDO DAS CONQUISTAS DELA.

  Se a mulher realmente está apaixonada por esse indivíduo e acha que vale a pena...tudo bem.
▬▬▬//▬▬▬
  Uma das coisas mais difíceis para eu, como filosofo, é meditar sobre coisas que não vivi.
  Por exemplo, eu nunca tive muito dinheiro, a pobreza mais aguda eu já vivi, a riqueza para eu é sempre uma “especulação.”
  Eu analiso a vida e comportamento de quem tem muito dinheiro e tento me colocar no lugar daquela pessoa.
  O que eu faria?
  Escrevendo assim parece um processo simples, mas não é.
  Quando eu passo/vivo alguma coisa eu tenho que submeter meus sentimentos a lógica.
  Imagine que eu fui discriminado por algum motivo.
  Isso provoca em mim um sentimento, vontade de xingar ou bater em quem me discriminou.
  Eu pego esse sentimento e submeto a lógica, analiso a situação e chego à conclusão que não vale a pena estragar meu dia pela ignorância de um cidadão. [Claro que a conclusão pode ser outra]

   Quando eu vejo alguém ser discriminado eu tenho um arquivo mental de como é esse sentimento.
  Evidente que ninguém é igual a ninguém, mas tenho uma empatia com o indivíduo.

Empatia, capacidade para sentir o que sentiria uma outra pessoa caso estivesse na mesma situação vivenciada por ela.
  Consiste em tentar compreender sentimentos e emoções, procurando experimentar de forma objetiva e racional o que sente outro indivíduo.

  Quando você nunca passou por uma situação o processo de empatia fica invertido.
  Você não tem em sua mente o arquivo daquele sentimento então racionaliza, usa a lógica.
  Entretanto você sabe que tem que pôr sentimento na análise daquela situação, então você especula sobre o que a pessoa pode estar sentindo.
  Você pega a lógica e submete ao sentimento.

  Temos uma frase muito eficiente para ilustrar esse plano de pensamento:
No “dusotro” é refresco.

  Ser racional com o problema do vizinho é bem mais fácil.
  O chifre no vizinho por vezes é até engraçado, quando é sua parceira que entrega marmita pra fora...
▬▬▬//▬▬▬
   Outro dia continuaremos flutuando por esse plano de pensamento, agora vamos aplica-lo na situação que trata esse texto.
  Alguém que nunca casou ou teve um relacionamento sério é evidente que não sabe o que é levar um pé no traseiro...não tem arquivado esse sentimento.
  Tem o lado oposto também.
  Alguém que nunca casou ou teve um relacionamento sério, não sabe como é ruim quando o amor/paixão acaba e você quer terminar com a pessoa.

  A mulher que ganha bem e está disposta a agir movida apenas pelo sentimento “amor” deve especular sobre a possibilidade de um dia essa união acabar, casamentos acabam.
  Deve submeter seu sentimento a lógica.
  Vamos aos números?
  Casamentos duram em média 15 anos.
  Em 2012 o Brasil registrou 341.600 divórcios.
  Vejam bem que o divórcio é um tramite legal para casais que optaram por uma união estável.
  O que vemos de namoro de 3 ou 4 anos que são desfeitos deve ser levado em consideração para chegarmos a dedução que:

“O mais importante é o verdadeiro amor.”

  É uma frase muito eficiente para nos colocar em grandes enrascadas.
  Em caso de separação a casa que a mulher comprou terá que ser dividida em 50%.
  Bens conseguidos depois do casamento são do casal...no regime de casamento mais convencional.
  Um imóvel ou outro bem que você compra em seu nome é seu de verdade... não dá para comprar o “amor verdadeiro” e colocá-lo em seu nome como sua propriedade.

  Então cuidado com esses posts “românticos/moralistas”, dinheiro sempre significa alguma coisa:

  “Pela estranha escala de valores de muitos pensadores, os mendigos são o ápice da evolução humana, algo que todos nós deveríamos desejar ser, ter um desapego total de bens materiais” [Ter & Ser]
   [Prefiro permanecer burguês.]


Se ela for trouxa é verdade.


Anterior          <>        Próximo 

sábado, 20 de junho de 2015

Brasuiça ou Brasíndia?

  “Melhorar a qualidade de vida da população da Índia passa por melhorarmos sua capacidade de consumo, imaginem uma Índia com capacidade de consumo suíço.”
[Comentarista no G+]

  Da até medo de imaginar, acredito que seja impossível.
 Seria uma calamidade insuportável para o planeta!



  “Num mundo onde a água por exemplo deveria ser universalizada e não o será nas próximas décadas! Porque deveríamos apoiar esta política capitalista devoradora?” [Comentarista  no G+]
▬▬▬▬▬▬
  O Capitalismo não nos obriga a procriarmos feito ratos.
  Eu só tenho duas filhas porque é a taxa de reposição.
  Esse planeta suporta com folga 5 bilhões de habitantes, quanto mais humanos maior o consumo.
  Hoje em dia ecologista de verdade não tem mais que 2 filhos.
  Sei que não gostam da realidade, mas se a água ficar escassa não tenham dúvidas que as regiões mais pobres e áridas é que irão perecer, os povos subdesenvolvidos mais que ninguém deveriam se preocupar com o PLANEJAMENTO  FAMILIAR.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
 Para terem uma ideia da catástrofe de uma Índia com grande capacidade de consumo saibam que a Suíça tem 8 milhões de habitantes.
  Vamos supor que um suíço tenha capacidade de consumo 10 vezes maior que um indiano isso significa que a Suíça consumiria recursos do planeta equivalente a 80 milhões de indianos.

  A índia atualmente tem 1.290.000.000.

  Um BILHÃO, duzentos e noventa milhões de pessoas.
  Se aumentarmos a capacidade de consumo dos indianos em 5 vezes que seja, pensem o quanto isso representaria em termos de retirar mais recursos do planeta.

  Ficamos diante do dilema:
1 - Não nos importamos com o crescimento populacional na Índia e torcemos pela miséria para não sobrecarregar a natureza.
2 - Torcemos pela diminuição drástica daquela população com melhora acentuada na qualidade de vida.

  Eu fico com a opção 2 é a mais lógica.
  Melhor educação, infraestrutura acompanhada de uma campanha maciça para cada casal ter no máximo 2 filhos.
  O casal que tivesse só 1filho seria recompensado com algum dinheiro mensal, no segundo filho essa recompensa seria reduzida pela metade e a partir daí seria retirada.

  Se não podemos punir os que tem mais de 2 filhos podemos pelo menos premiar os mais “conscientes”.

  Esses países super populosos são um dos maiores perrengues no futuro próximo da humanidade.
  Principalmente porque a Cultura/Religião que praticam os torna muito irracionais.
  É tanta irracionalidade que é mais fácil você ler essa matéria da Super que eu ficar apontando o fraco bom senso dos indianos.

 “Mal sai da barriga da mãe, um bebê indiano ganha um rótulo.
  Entra em uma das 4 castas de uma hierarquia social ditada pelo hinduísmo, que pela ordem tem os sacerdotes, ou brâmanes, depois reis e guerreiros (xátrias), mercadores e produtores (vaixás) e servos (sudras).
  É um esquema que divide o trabalho entre a sociedade e garante que sempre haja um grupo cuidando da religião, da organização política, do comércio e dos serviços.
  Faz tempo que isso funciona assim - praticamente desde 1500 a.C., quando o princípio dessa classificação apareceu nos Vedas, uma série de livros sagrados para o hinduísmo.
  Os hindus acreditam em reencarnação, e acham que o ciclo de nascimento e morte serve para compensar nossas ações: nesta vida se faz, na próxima se paga.
  Para libertar a alma desse vai e volta ao corpo, é preciso cumprir deveres que beneficiem toda a comunidade.
  Que deveres?
  Exatamente aqueles que se ganha na hora do nascimento.
  Só que nem todo mundo se encaixa em alguma dessas castas.
  Os excluídos da hierarquia são os "intocáveis", conhecidos como dalits.
  Não podia ter sobrado destino pior pra eles: ficaram com as tarefas consideradas impuras, que ninguém mais faz, como limpar excrementos.
  Dalits são considerados tão sujos, mas tão sujos, que ninguém de outras castas deve tocá-los (daí o apelido carinhoso).
  Não muito tempo atrás, até a sombra deles fazia qualquer brâmane sair correndo para não se contaminar.”
[Superinteressante]

  Todos sabemos que mudar CULTURA não é impossível, mas é bem difícil, o Governo indiano tem se esforçado para isso, não dá para fazer milagre.
  Talvez a mudança seja acelerada com o uso da Internet, um dalit pode observar que a Índia não é o Mundo apenas faz parte dele.

  Antes de culpar a religião veja que suíços são religiosos:

  “O cristianismo é a religião predominante na Suíça com 79% da população a afirmar-se cristã, dividida entre a Igreja Católica com 40% de fiéis, várias denominações protestantes com 35% e outros cristãos com 4%.
  A imigração trouxe o islão (3%, predominantemente kosovares e turcos) e a ortodoxia oriental (1%) como religiões minoritárias significantes.” [Wikipédia]

  Porque suíços são mais racionais que indianos?

  Já flutuei por essa brecha no texto sobre frequências.
  Mas o importante é você entender a importância de submeter nossa cultura a lógica.
  Nós brasileiros estamos longe da irracionalidade da índia e igualmente distantes da racionalidade dos suíços.
  Eu quero caminhar culturalmente para a Suíça e você?



  A religião influência, mas ela também é consequência da Cultura.
  Não é porque um livro diz que eu tenho sempre que oferecer a outra face diante de uma agressão que eu cegamente seguirei essa doutrina/orientação.
  Na Índia a religião predominante é o Hinduísmo que por ser muito antiga tem centenas de vertentes, assim como o Cristianismo.

  A Religião é uma ferramenta poderosa, mas cada um decide como usar essa ferramenta.
  Como em qualquer casa aqui temos facas, nos são muito uteis, ferramentas indispensáveis.
  Usamos basicamente para preparar alimentos, se eu usar para praticar assaltos ou matar algum desafeto... o problema está na faca ou no uso que faço dela?
  Para eu ser religioso não trazia nenhum benefício só gastava meu tempo então desisti de qualquer religião

  ME PERGUNTARAM COMO FOI DESISTIR DE TER RELIGIÃO?

  Essa música começou tocar em minha mente:

Começar de novo e (SÓ) contar comigo
Vai valer a pena ter amanhecido
Ter me rebelado, ter me debatido
Ter me machucado, ter sobrevivido
Ter virado a mesa, TER ME CONHECIDO
Ter virado o barco, TER ME SOCORRIDO

Vai valer a pena ter amanhecido
SEM AS TUAS GARRAS, SEMPRE TÃO SEGURAS
SEM O TEU FANTASMA, SEM TUA MOLDURA
SEM TUAS ESCORAS, SEM O TEU DOMÍNIO
SEM TUAS ESPORAS, SEM O TEU FASCÍNIO

Começar de novo e contar comigo
Vai valer a pena já ter te esquecido

Clique no link...é lindo demais ♫♫♫


Anterior          <>        Próximo

sábado, 13 de junho de 2015

Doenças da Alma

  Blogueira australiana finge câncer terminal para ganhar dinheiro.
  A australiana Belle Gibson, uma blogueira que escrevia sobre saúde, criou um negócio de sucesso ao dizer ter sobrevivido a um câncer terminal. [BBC]


  A revista australiana especulou que ela poderia estar sofrendo de algum problema psicológico em que pessoas buscam atenção ao fingir ter uma doença.
  É uma hipótese que se baseia em avaliações feitas por psicólogos de uma condição conhecida como "desordem fictícia", em que pessoas agem como se tivessem um problema físico ou mental, exagerando os sintomas.
  Pessoas saudáveis e equilibradas não têm de inventar enfermidades para chamar atenção ou obter benefícios financeiros", afirma a psicóloga Melissa Keogh.
"Quem faz este tipo de coisa costuma agir assim depois de um trauma ou um transtorno infantil.
  Se você revisa a trajetória desta pessoa, é comum haver algum tipo de problema afetivo."
  Keogh argumenta que, para uma pessoa comum, isto pode parecer ser um tipo de fraude, mas que, em muitos casos, há condições psicológicas subjacentes, incluindo "transtornos de personalidade ou elementos de narcisismo".
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
   Devo ser uma pessoa comum, para eu o que a Blogueira fez é fraude.
 
  Nessa matéria percebemos o quanto a psicologia é nefasta para nossa sociedade.

  Pessoas não são ruins ou má intencionadas, quando cometem crimes é por problemas psicológicos, precisam ser tratadas não punidas.
  Todo ser humano é naturalmente bom e honesto, se comete crimes a culpa é dos pais ou da sociedade...acredite quem quiser.

  Essa australiana é claramente uma estelionatária.
  Clique no link para a matéria, leia a reportagem com calma.

  Não lhe parece estranho que a “doença psicológica” ficou ausente quando ela se apropriou do dinheiro?
  Com o dinheiro na mão os sintomas despareceram!?
  Medite comigo.
  Se ela realmente acreditava que tudo que estava vivendo era real o natural seria fazer a doação como o prometido.
  De posse do dinheiro ela “esqueceu” que tinha câncer e que havia entidades as quais ela tinha usado o nome para angariar fundos?

  Pense em uma mulher com gravidez psicológica, a barriga dela não cresce, ela conscientemente enche com travesseiro?
  Na hora de ir para o hospital fazer o parto ela prefere sequestrar uma criança...

  Essa australiana é uma tremenda 171, agora se diz arrependida, todo estelionatário se diz arrependido e chora lágrimas de crocodilo... depois que é pego. 
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Você lembra do texto “Fácil ser Deus”?

  Nesse aqui vemos como “É fácil ser Psicólogo”

  Claro, tem a parte chata dos 4 anos de faculdade e depois conseguir um lugar ao Sol em um mercado bem concorrido.
   O ponto a favor da psicologia é que ela é mais acessível a nós pobres mortais, praticamente qualquer pessoa pode fazer essa faculdade, depende da vontade e esforço de cada um.
  Ser “deus”, “santo”, “grande líder religioso” depende das pessoas terem uma grande empatia por você é algo bem mais complicado, mas não vamos perder o foco...

  Para quê 4 anos de faculdade se tudo é justificável a favor da Psicologia?

  Leia alguns livros sobre o assunto e não precisa mais que isso, foi o que eu fiz e não encontro psicólogos formados para contra argumentar minhas observações.
  Preferem me bloquear.



  “Freud” explica tudo e se você não entendeu é devido a sua inteligência limitada.
  [Deus sempre sabe tudo e faz tudo certo se você não observa isso...é sua inteligência limitada ou excesso dela, você “pensa demais”, falta Fé]

  De certa forma acreditar em certos dogmas da Psicologia é um ato de “Fé”.
 Temos que acreditar cegamente que o delito cometido por um criminoso tem origem em sua infância.

  O criminoso teve uma infância difícil?
  Culpa dos pais ou do Governo.

  O criminoso teve uma infância boa?
  Déficit de atenção não diagnosticado, hiperatividade.

  Foi diagnosticado e tratado, mas mesmo assim ele cometeu crimes?
  Culpa de más companhias, mídia, opressão religiosa...

  A Psicologia não tem método cientifico, se “parece” que deu certo ela fatura se dá errado ela culpa alguma coisa ou alguém.

  Freud explica tudo se você não entende o problema é do seu pai, da sua mãe até a quarta geração.

HAHAHAHAHAHAHAHAHAAH! Lembrei dessa passagem:

  “Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.
  Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam. [Êxodo 20:4,5]
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬   Eu defendo que a Psicologia deve ser encampada pela Psiquiatria:

    “Psiquiatria é uma especialidade da Medicina que lida com a prevenção, atendimento, diagnóstico, tratamento e reabilitação das diferentes formas de sofrimentos mentais, sejam elas de cunho orgânico ou funcional, com manifestações psicológicas severas.
  São exemplos: a depressão, o transtorno bipolar, a esquizofrenia, a demência e os transtornos de ansiedade.
  Os médicos especializados em psiquiatria são em geral designados por psiquiatras (até meados do século XX foi também comum a designação alienistas).”

   Mais ciência e menos IDEOLOGIA FREUDIANA.

   Estatísticas Comportamentais, Neuro Ciência, desenvolvimento de remédios devem ser a base da Psiquiatria.
  Como virou TRADIÇÃO não acredito no fim da Psicologia, ela manterá o nome, mas passará por profundas modificações.

  Todos já estão cansados dessa falácia sobre os super poderes do “inconsciente” e “sub consciente”.

  Com eletrodos podemos ver o que acontece em nosso cérebro sem teorias fantasiosas.
  Com drogas eficientes podemos amenizar certos comportamento nocivos.

  No mais é “cuidar do espirito”, não conheço nada melhor que a FILOSOFIA, acessível a qualquer um pelos mais diferente meios.

  Psiquiatria é uma palavra que deriva do grego:
 “Arte de curar a Alma”

  Não conseguimos nem uma boa definição para o que é alma quanto mais identificar suas doenças.

  Não olhar direto nos olhos das pessoas é algum distúrbio?
  Eu acho a psicologia algo tão limitado que é por demais tedioso quando tentam aplica-la em mim.
  Lembrei de uma reunião de trabalho onde a pessoa que conduzia fez um monte de análises sobre a minha pessoa baseada apenas porque eu não a encarava, não olhava em seus olhos.
  Eu defendo que isso é uma característica de muitas pessoas e não uma falha psicológica, mas não perdi meu tempo dizendo isso a ela... duvido que me entendesse.
  Apenas esperei uma brecha para desestruturar sua crença.
  Ela disse que eu [por não olhar nos olhos] era inseguro e estava sempre na defensiva.
  Resolvi me divertir um pouco passei a olhar em seu olhos, agir com uma certa arrogância e parti para o ataque com bombas mentais.
  A pessoa veio preparada para um William que ela imaginou em sua vã psicologia e encontrou algo oposto e desconcertante.
  Eu realmente não gosto de olhar nos olhos das pessoas, mas é para protegê-las da minha invasão.

   Não gosto de olhos me olhando quando não são a janela de uma alma.
  Quando olho nos olhos de uma pessoa é como se mergulhasse em um Universo paralelo, uma vida até certo ponto semelhante a minha, mas com outros personagens, outros nomes, outras atitudes. [Bom Dia]

  Eu considerado a psiquiatria a ciência de curar o cérebro.

  Epilepsia e uma doença do cérebro então nossos conhecimentos neurológicos/psiquiátricos podem ser úteis.
  Vamos dizer que o ciúme exagerado é uma doença da alma e nesse caso não vejo utilidade. 
  Mudar a característica dessa alma através de algum método psiquiátrico acho improvável.
  Quando converso com um ciumento apenas mostro a realidade e o incentivo ao bom senso, não é necessário um ano ou mais de terapia.
  Isso dá sempre certo?
  Claro que não, depende da capacidade do cidadão em ter bom senso.
  A vantagem é a economia de tempo, se ele não reage bem a meia hora de conversa os resultados depois de um ano de conversa serão os mesmos.
  Você que está acostumado com a psicologia pode estar imaginando verdadeiros tratados de como deve ser esses 15 ou 30 minutos de conversa.
  Na verdade seguem sempre o mesmo padrão.
  Você apresenta ao cidadão os custos e benefícios de uma ação movida pelo ciúmes.
  Matar a esposa, qual o benefício disso?
  Você não corre risco de sentir a dor de vê-la com outro, mas e a consequência?
  Possivelmente prisão e ver seus filhos sem a mãe.
  As pessoas agem meio que por instinto, agem pela emoção segundo as características de sua alma.
  O melhor contraponto é você estimular no indivíduo um pouco de razão.
  Boa parte dos cidadãos respeitam as normas de trânsito não exatamente por serem bons samaritanos, mas por causa da consequência de uma multa ou acidente.
  Usam camisinha não por essa ser sua vontade, mas por medo de pegar doenças ou provocar uma gravidez indesejada.
  Para terminar que tal mais uma provocação?

  Com certeza o ciúmes é uma doença por só trazer coisas más?

  Não é bem assim, a maioria das mulheres são muito carentes.
  Quando elas encontram alguém que as querem mais que tudo se sentem muito lisonjeadas.
  Quero fizer que um homem pode ter conquistado uma mulher justamente por ter sido muito ciumento.
  Se não fosse ciumento talvez não conquistasse sua amada e não viveria todos os momentos que viveu.
   Agora sofre ao pensar que os bons momentos não acontecerão mais.
  Existe algum remédio ou terapia para acabar com o ciúmes?
  Eu não conheço.
  O mais racional é que você entenda essa sua característica e não faça besteiras das quais se arrependerá amargamente.
  Se você não se esforça ou não é capaz de entender isso em meia hora de conversa... precisa ter muita fé que isso ocorrerá em 5 anos de alguma terapia.

  A lógica é o início da sabedoria não o final. [Spock]

  Os efeitos nocivos das “doenças da alma” só acontecem por falta de SABEDORIA.

  Se a lógica/bom senso não te interessam, não tem como iniciar o tratamento.


 “Nossa, falar que psicologia não é ciência... parei de ler na terceira linha.
Só porque não é exata, não deixa de ser ciência. A pessoa que afirmou que psicologia não é ciência não deve ter a menor ideia dos seus padrões de comportamento, tampouco dos seus complexos. Provavelmente não saiba nem que isso exista...” [Comentarista no G+]
▬▬▬▬▬
  Meu irmão, que fez psicologia por 2 anos, me veio com esses esquemas de id, ego e super ego e o desafiei a mostrar em uma destas maquinas super modernas de ressonância onde se localizavam estas estruturas.
  Não há nenhuma prova cientifica que elas existem.

  NÃO, não estou confundindo Psicanálise com Psicologia, só digo que é inegável que Freud “conseguiu” um certo glamour para Psicologia com seus esquemas apoiados na mais pura FÉ uma vez que até hoje não tem comprovação.
  A psicologia antes da psicanálise era química, já falei algumas vezes de como agem os psicotrópicos, amenizam os sintomas, mas não curam o doente.

  A Psiquiatria é ciência.
  Gosto da análise de comportamentos quando são apoiados em estatísticas, matemática é uma ciência, química é uma ciência.
   PSICOLOGIA... É UMA CRENÇA.


Anterior          <>        Próximo 

sábado, 6 de junho de 2015

Mercado de Ações

  O que são ações na Bolsa de Valores?
  Uma ação é a menor parte do capital de uma empresa, é um pequeno pedaço dela. [UOL]

  Quem compra ações passa a ser um pequeno ou grande sócio da empresa.


 “O olho do dono engorda o gado, mas esse lucro vai pro dono. É claro que, com o tempo, a concorrência entre os donos acaba beneficiando a sociedade como um todo, mas a tendência é a diminuição do número de donos”
[Comentarista no G+]
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
 Essa “tendência” é pregada pelos Socialistas e propagandeada por Hollywood.
 É você leu certo, claro que estou falando de filmes em geral, Hollywood é só o exemplo mais fácil.

  “As empresas geralmente são as grandes vilãs nos filmes de Hollywood.
   Em Repo Men muitas pessoas financiavam o órgão mecânico e se não conseguiam pagar as parcelas o órgão era recuperado e claro que a pessoa tinha pouco ou nenhum tempo de vida.
  Então temos todos nossos vilões: os cientistas “brincando de Deus”, a Industria e seus empresários exploradores e o mercado Financeiro o “anti cristo” a marca da besta.
  Nossos mocinhos?
  Uma “elite pensante” lutando em favor dos pobres e oprimidos contra tudo isso que está aí.” [Repo Men]

  Esse “fim do Capitalismo” onde poucos empresários mandarão em todos nós é muito pregado por Socialistas.
  O “solução” é estatizarmos o máximo possível e deixar o Estado na mão de um Líder Supremo ou Partido Supremo?

  A opção de Hollywood eu entendo, filmes são diversão/entretenimento.
  Uma das fórmulas é ter vilão contra mocinho.
  Pense bem, se você tem um mocinho poderoso como o Super Homem colocá-lo para combater ladrões comuns não nos traz emoção.
  Logo, é preciso criar um super vilão.

  A maioria do público é de empregados, a maioria não gosta de trabalhar, trabalha porque precisa.
  A maioria é poderosa movimenta a economia consumindo produtos e dita as regras elegendo políticos ou dando audiência a algumas coisas e não a outras.
  A “maioria” é o mocinho com super poderes...mesmo quando não tem muita consciência disso.
 
  Que melhor super vilão a ser criado pelos filmes que o EMPREGADOR?
  O super poder do Empregador é o Capital/Dinheiro que compra pessoas, justiça, políticos...tenta comprar o amor. [Nos filmes quase sempre tem uma mocinha que fica com o mocinho]

  Há exceções, Batman e Homem de Ferro são grandes empresários que lutam por justiça, mas a maioria dos heróis são pobres e mal pagos como Spider e Superman ou discriminados como X-Men e Hulk.

  Antes de continuar quero deixar claro que considero empresários TRABALHADORES, não é fácil administrar uma empresa, quem acha que administrar empresa não é trabalho...abra uma, porque continuar sendo empregado!?
  Por isso usarei nesse texto as palavras empregado e empregador.

  Vamos deixar Hollywood de lado...indo audaciosamente onde poucas mentes vão.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
    Considero essa pregação Socialista de um empregador super vilão que no futuro será ainda mais super vilão...TERRORISMO BARATO.

  Claro que essa possibilidade existiu no passado, mas nós Liberais já tomamos as providências há muito tempo, só não aplica o povo que não quer.
  Em países como o USA tem a taxação sobre Transmissão de Fortunas, se os herdeiros não fizeram por merecer um império...não irão herdar esse império.

  No entanto a melhor sacada foi trazida pelos irmãozinhos holandeses há séculos atrás.

  Desenvolveram o MERCADO DE AÇÕES.

  Na pratica quanto maior é uma empresa mais “donos” ela tem podendo ter inclusive o Estado como acionista.
  Grandes empresas colocam ações nas bolsas de valores e todos podem ser um pouco donos.
  Muitos empregados no Brasil tem ações da Petrobras e da Vale...só dois exemplos.

  Se você for muito “sortudo” ou talentoso pode juntar muito capital e “ser muito dono”, até ser o acionista principal.
  O acionista principal da Petrobras é o Governo Brasileiro.

  A Vale tem muitos donos:

  O Conselho de Administração da Vale é controlado pela Valepar S.A, que detém 53,3% do capital votante da Vale (33,6% do capital total).
  Por sua vez a constituição acionária da Valepar é a seguinte: Litel/Litela (fundos de investimentos administrados pela Previ) com 49% das ações, Bradespar com 17,4%, Mitsui com 15%, BNDESpar com 9,5%, Elétron (Opportunity) com 0,03%. 
[Wikipédia]

  A PREVI é da Estatal Banco do Brasil.
  BNDESpar é da Estatal BNDES.

  Então você vê que a tão cantada privatização da Vale feita por FHC foi bem meia boca.
  Porque?
  PSDB é partido de ESQUERDA.

  Em um país Liberal como o Estados Unidos a situação é bem diferente.
  Você acha que a família Ford é dona da Ford?
  Você acha que os herdeiros de Thomas Edison são donos da GE?
  Você acredita que Gates pode fazer o que quiser na Microsoft indiferente a lei e a vontade de outros acionistas?

  Qual a participação do Governo Americano como acionista dessas empresas?
  Não vou ficar aqui colocando números, mas acreditem que é bem pouca, quase nenhuma.
  Na crise de 2008 houve um socorro do Governo Americano as empresas General Motors e Ford, mas foi algo pontual na história do Estados Unidos.
  Até onde sei o Governo está se desfazendo de todas suas ações nessas empresas.
  São empresas tradicionais no USA e os americanos acharam por bem salva-las, dar uma segunda chance, foi uma decisão daquele povo, certo ou errado a “maioria” concordou com isso.

  Observamos que contrariando as pregações socialistas e os roteiristas de filmes

  O futuro das grandes empresas é ficar mudando de mãos, um grupo cansa, chega outro disposto a TRABALHAR.

  E qualquer um pode ser “dono” delas.
  Você quer ser dono da Pirelli Pneus?
  Compre ações da empresa:

  “A Bolsa de Valores de Milão registrou alta das ações da Pirelli nesta segunda-feira (23/Março/2015). Os títulos estão sendo vendidos por 15,5 euros - 1,58% acima do preço da OPA de aquisição, que estava em 15 euros.” [ansabrasil]

  “Aquisição da Pirelli por chineses assusta operários”

   Mesmo quem não atua diretamente na Pirelli se mostra receoso. “Acho que ficará pior do que está. O assunto nas rodinhas de trabalhadores é sempre o mesmo: ‘reduzir a força de trabalho’, além de que a fábrica pode sair da cidade”, disse empregado de empresa terceirizada de limpeza que há três anos dá expediente na indústria de pneus. [DGABC] 26 de março de 2015

  Observe que todos demonizam a Industria, mas quando uma empresa ameaça deixar a cidade todos ficam em polvorosa.
  É menos ruim os chineses comprarem que a Empresa fechar.

  Você acredita que se a Pirelli fosse tão fácil de administrar os italianos iriam se desfazer de parte dela?

   Aqui no Brasil as demissões e achatamentos salariais podem ocorrer por conta da “marolinha”, não por um desejo direto dos chineses.
  Eles irão adaptar o negócio a realidade, não há muito o que fazer.
  Você quer que chineses usem o dinheiro dos impostos de lá para bancar empregos no Brasil?
  “Negócio da China” para nós né?

   Chineses irão querer lucro como qualquer outra nacionalidade.

   Permitimos que eles tenham lucro ou eles investem em outro país.
   Quem tem mais a perder somos nós.

  Se fossem americanos, japoneses ou ingleses os compradores... dá até medo de pensar na reação dos nossos sindicalistas.
  Empresas “Ocidentais” [povos democráticos capitalistas] geralmente tratam melhor os empregados, mas para os sindicalista mais importante que o trabalhador é a ideologia socialista, China, Rússia, Cuba, Venezuela... são parceiros preferenciais.

  É a vontade do povo brasileiro que vota em esquerdistas.

  O brasileiro quer ter ótima qualidade de vida sem ter compromisso com metas e produtividade, o Socialismo cria grandes expectativas nesse sentido.


Anterior          <>        Próximo