sábado, 29 de agosto de 2015

Aborto na Bíblia

“Será revisada a mais popular tradução da Bíblia no Brasil.
  Com a presença de cerca de 30 representantes de 11 diferentes denominações cristãs, a maioria considerou oportuno o início de uma revisão da tradução.” [Ultimato]

  Sabe aquela história de não poder mudar um “J” ou um “til” na Bíblia?
  Esqueça.

  A Bíblia tem várias versões, o número é bastante controverso então vamos chutar baixo, digamos que tem 10 versões.
  Essas 10 versões foram traduzidas em dezenas de idiomas.
  Nesse texto vou comparar apenas duas versões só para você ter uma ideia do tamanho da encrenca.

Bíblia Protestante► Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til jamais passará da lei, sem que tudo seja cumprido.
  Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus.” [Mateus 5:18,19]

Bíblia Católica► Pois em verdade vos digo: passará o céu e a terra, antes que desapareça um jota, um traço da lei.
  Aquele que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e ensinar assim aos homens, será declarado o menor no Reino dos céus. Mas aquele que os guardar e os ensinar será declarado grande no Reino dos céus.  [Mateus 5:18,19]

  Nessas duas passagens há apenas uma sutil mudança das palavras sem alterar a interpretação do texto.
  Mas vejam essa outra:

 Bíblia Protestante► “Se alguns homens pelejarem, e um ferir uma mulher grávida, e for causa de que aborte, porém não havendo outro dano, certamente será multado, conforme o que lhe impuser o marido da mulher, e julgarem os juízes.
 Mas se houver morte, então darás vida por vida” [Êxodo 21:22,23]

Bíblia Católica► “Se homens brigarem, e acontecer que venham a ferir uma mulher grávida, e está der à luz sem nenhum dano, eles serão passíveis de uma indenização imposta pelo marido da mulher, e que pagarão diante dos juízes.
  Mas, se houver outros danos, urge dar vida por vida.” [Êxodo 21:22,23]

  Preste atenção nessas duas passagens da bíblia.
  A primeira foi tirada de uma Bíblia protestante a segunda de uma Bíblia católica.
  Vou interpretar as duas passagens usando o máximo de lógica e observe como o resultado final é incrivelmente diferente.

  Para protestantes:  Se alguns homens lutarem e nessa briga uma mulher grávida for ferida se a mulher “apenas sofrer um aborto” bastará cobrar uma multa acertada com o marido e com os juízes.
  Se a mulher morrer então os responsáveis pagarão com a própria vida.

  Para católicos: Se homens lutarem e nessa briga uma mulher grávida for ferida, mas ela der a luz normalmente a agressão será passível de uma multa imposta pelo marido a ser paga diante dos juízes.
  Entretanto se feto ou mulher morrerem os homens pagarão com a vida.

  Note que na versão protestante o feto não é considerado vida na versão católica podemos deduzir que é.

  Aqui caberia uma ressalva, nesse caso pai e mãe desejam a criança que por uma infelicidade a gravidez não foi levada até o fim.
  A Bíblia não fala da situação de pai ou mãe não quererem o filho seja lá por qualquer motivo e isso causa estranheza.

  Porque em toda bíblia não encontramos uma normativa mesmo contraditória de proibição do aborto?

  Se Deus de Abraão considera o aborto uma prática execrável porque em algum versículo não o condenou com todas as letras.
  Poderia ser um dos dez mandamentos porque não.
  Aquele de guardar o sábado quase ninguém respeita mesmo.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Minha intenção nesse texto não é debater aborto e sim mais uma vez mostrar que você ter a Bíblia como um manual de conduta, uma filosofia de vida é muito perigoso.
  As várias versões da Bíblia estão sempre passando por revisões onde os religiosos vão dando uma ajeitadinha.
  Eu aposto que em alguma nova revisão da Bíblia protestante ela ficará mais parecida com a versão católico nessa passagem que destaquei.
  Religiosos em geral são contra o aborto e se isso não tem fundamento bíblico é muito desconfortável, mas com uma ajeitadinha aqui e ali o versículo vai ficando do jeito que o padre ou pastor quer.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  A Torá é um livro sagrado para os Judeus, basicamente ela é o nosso Velho Testamento.

  Entretanto tem uma grande diferença, o judeu mais tradicional aprende hebraico justamente para ler a Torá em sua versão mais original.
  Se uma passagem é constrangedora o rabino pode fazer malabarismos filosóficos para justifica-la, mas não mudar as palavras ou a construção das frases.
  Entre os revisores cristãos cada um dá seu pitaquinho mudando muito mais que um til ou um J.
  Em um texto eu dei o exemplo de que a Doutrina Espirita estava crescendo muito no Brasil.
  Espiritas/Kardecistas usam muito a palavra caridade.
  “Fora da caridade não há salvação.”
  Há versões de Bíblias evangélicas que a palavra caridade simplesmente foi retirada e substituída por amor.
  A intenção claramente é a de prejudicar a máxima espirita.

  Essa nossa meditação é extremamente importante, pode mudar muito sua compreensão das coisas.
  Geralmente quando você tem alguma dúvida o pastor diz:
 “Vamos ver o que nos diz a palavra de Deus.”
  Em verdade vos digo que ele deveria dizer:
  Vamos ver o que nossa tradução da Bíblia tem a dizer.

  Você pode acreditar que Deus está falando com você quando é apenas a leitura da doutrina da igreja que você frequenta... nada mais que isso.

  Qualquer livro “sagrado” por mais antigo ou “original” que seja é sempre uma tradução.
  A igreja Católica escreveu a Bíblia em Latim, lembremos que a língua de Jesus era um dialeto Aramaico.

  Quem conta um conto aumenta um ponto.
  [De acordo com seus interesses/ideologia]

  Depois de tantas versões e traduções o que lhe dá certeza que apenas a Bíblia que você lê é a mais pura palavra de Deus?
  Esse é o ponto...

   “Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro.
    E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro.” [Apocalipse 22:18-19]


Anterior          <>        Próximo