sábado, 23 de janeiro de 2016

Sylvester Stallone

  “Arre! Estou farto de semideuses!
   Onde é que há gente no mundo?”

É verdade, todo mundo que eu converso pode tudo!

 As pessoas se inspiram em histórias de “semideuses”:

  Sylvester Stallone nasceu com paralisia facial o que lhe rendeu apelidos e bullying na infância.
  Em uma fase de sua vida estava tão pobre que roubou as poucas joias que sua mulher tinha e as vendeu.
  Stallone teve seu primeiro papel no filme pornográfico The Party at Kitty and Stud's (1970).
  Pagavam-lhe 200 dólares por cada dois dias de trabalho.
  Stallone explicou mais tarde que tinha feito o filme em desespero depois de ter sido despejado de seu apartamento e ficado sem moradia por vários dias.
  Disse que dormiu três semanas na estação de ônibus Port Authority em Nova Iorque antes de ter visto o aviso de elenco para o filme.
  Nas palavras do ator, "era ou fazer aquele filme ou roubar alguém, porque eu estava no fim de minhas forças".
  Sem conseguir pagar o aluguel e nem comprar comida o fundo do poço chegou quando ele teve que vender seu cachorro em uma loja de bebidas para um estranho qualquer pois não tinha dinheiro para alimenta-lo mais.
  Ele vendeu o cão por $25 e saiu chorando.

  Duas semanas depois ele viu uma luta de boxe entre Mohammed Ali e Chuck Wepner e essa luta o inspirou a escrever o roteiro de Rocky.
  Ele escreveu o roteiro durante 20 horas seguidas.  
  Tentou vendê-lo e recebeu a oferta de $125.000, mas tinha uma exigência, queria ser Rocky o personagem principal.
  O estúdio disse não, eles queriam uma "estrela" de verdade.
  Disseram que ele "tinha um rosto engraçado e falava engraçado".
  Sylvester saiu com seu roteiro.
  Depois de algumas semanas o estúdio ofereceu $250,000, ele recusou, então ofereceram $350,000, e ele ainda recusou.
  Queriam o seu filme mas não o queriam.
  Ele disse NÃO! Eu tenho que estar nesse filme.
  Depois de um tempo o estúdio concordou em lhe dar $35,000 pelo roteiro e o deixaram estrelar o filme.
  O resto entrou para a história do cinema.
  O filme ganhou prêmios de melhor filme, melhor direção, melhor edição e o prestigioso Oscar de melhor filme. 
  O filme Rocky entrou para os registros americanos da indústria de cinema como um dos maiores filmes até então feitos.
  A primeira coisa que ele fez com os $35,000?
  Comprou de volta o cachorro que havia vendido.
  Ficou parado na loja por 3 dias até que o homem voltasse com seu cachorro.
  O homem se recusou a vende-lo mesmo por $100, Stallone então ofereceu $500, ele recusou.
  Ele então ofereceu $1.000. Acredite ou não, Stallone teve de pagar $15.000 pelo mesmo cachorro que ele vendera por $25.
  O mesmo Stallone que morou na rua, que vendeu seu cachorro pois não podia alimentá-lo, é um dos maiores ícones do cinema mundial hoje.
E ele mesmo diz...

  "Não ter dinheiro é ruim, muito ruim. A vida não será fácil.
  Oportunidades passarão por você ser um ninguém.
   Pessoas vão querer seu produto e não VOCÊ.
  É um mundo cruel. Se você ainda não é famoso, ou rico, ou bem conectado você vai achar ainda mais difícil.
  Portas se fecharão.
  Pessoas roubarão sua glória e esmagarão sua esperança.
  Você vai se esforçar, se esforçar e nada acontecerá.   
  Então desolado, quebrado, pobre, você aceitará trabalhos que não o completam por sobrevivência.
   Quem sabe pode até acabar dormindo na rua, mas nunca deixem que destruam seu sonho.
  Seja o que for que aconteça continue sonhando, mesmo quando esmagarem sua esperança continue sonhando, mesmo quando te deixarem sozinho continue sonhando.
  Ninguém sabe do que você é capaz a não ser você mesmo.
  Enquanto você estiver vivo, a sua história ainda não acabou."   
  [Sylvester Stallone]
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

  Sem dúvida é uma história fascinante, não pesquisei sua total veracidade porque não vem ao caso para desenvolver essa meditação.

  É essa a história que as pessoas irão ouvir e se inspirar.

  Esse tipo de história infelizmente induz muitos a acreditar que com esforço e determinação realizamos nossos sonhos com certeza.
  Isso não corresponde à realidade observável.
  Muitos morreram nas ruas ou em outras situações por perseguirem com determinação o próprio sonho.
  Já vi pessoas perderem tudo que tinham e nunca mais recuperaram, nem sei de onde elas tiram animo para continuar a “viver”. (Sobreviver)
  Não raro são movidas a drogas, álcool ou fanatismo religioso.

  Eu sou um exemplo, persegui o sonho de ser escritor obstinadamente, mas tenho família, não posso desampara-la para correr atrás de um sonho que não se realiza para maioria.
  Eu “sofri” bullying na infância e adolescência, surgiram manchas esbranquiçadas no meu corpo, principalmente no rosto, quando as manchas foram embora surgiram espinhas gigantescas, sem contar que eu era muito magro e pobre de dar dó.
  E tenho que enfrentar tudo de cara limpa, não bebo, não uso drogas, não me iludo com as historias religiosas.

  Diante de tantos que já tentaram ser escritor e correram atrás desse sonho com persistência, quantos conseguiram metade do reconhecimento de Paulo Coelho?

  De todos que tentaram ser jogador de futebol, quantos conseguiram ser ¼ do que é Neymar?

  Fiz curso de teatro e encontrei pessoas talentosíssimas, dedicadíssimas e depois do curso não ouvi mais falarem delas, não apareceram em alguma novela nem em peça famosa.

  Recentemente escrevi algo sobre isso:

  Muitas pessoas que alcançam sucesso na vida publicam livros com suas fórmulas para o sucesso.
  Elas acreditam que o que deu certo para elas pode dar certo com qualquer um e isso não é observável.
  O Roberto Carlos tem uma inegável carreira de sucesso é um homem bem rico, sua fórmula para novos cantores é dedicação e persistência.
  Se você frequentar barzinhos com música ao vivo verá inúmeros artistas que perseguiram o sonho de ser um cantor famoso e arriscaram muitas coisas, no entanto o sucesso não aconteceu.
  Será que Roberto Carlos foi tão mais dedicado e persistente que eles?
  Tome cuidado com esses livros/biografias de auto ajuda.
  Por vezes a pessoa além de ter talento estava no lugar certo na hora certa o que eu chamo de sorte.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Quem tem sorte geralmente não acredita nela, pensa que tudo é fruto do seu próprio esforço.

  Vocês leram a parte que Sylvester Stallone ROUBOU as jóias da esposa?
  Deduzimos que ele contraiu muitas dívidas e quando pegou algum dinheiro se preocupou primeiro com seu cão!
  Os que idolatram cães devem ter tido um orgasmo mental, mas eu não idolatro cães.
  Talvez por isso eu não considere a primeira atitude de Sylvester Stallone tão linda.
  Eu que já passei grandes dificuldade por levar calote acho trágico alguém preferir gastar uma fortuna com seu cão ao invés de me pagar.
  Nunca roubei minha esposa, é por isso que não alcancei sucesso na vida!?

  Lembrei agora de um colega que correndo atrás do seu sonho de ser ator, foi para São Paulo Capital, havia a possibilidade de participação em um filme, eu fiquei sabendo que era pornô e nem cogitei ir com ele.
  Eu já não era tão tímido, mas fazer sexo diante das câmeras era pedir demais para mim.
  Depois de um tempo encontrei com esse colega e perguntei como foi, se não era só mais um anuncio para tirar dinheiro em forma de cursos ou books fotográficos.
  Ele disse que o anuncio era sério, mas que ele caiu fora.
  Ele não esperava uma grande participação, não esperava nem fazer sexo com alguma atriz pornô, a expectativa era de alguma figuração inexpressiva.
  Mas a parte dele seria fazer sexo com uma cabrita!!

  Sylvester fez filme pornô, transou com mulher e ganhava 200 dólares.
  Se o meu colega fosse americano suas possibilidades seriam bem melhores...
 
  E aqui chegamos a razão dessa meditação. (Acredite ou não até agora foi só “vaselina”)

  O sucesso cega o público, ofusca o senso crítico.

  Stallone deve ter feito coisas condenáveis, nessa curta história identificamos pelo menos uma que é ter roubado a esposa, mas como ele conseguiu o sucesso tudo passa a ser lindo...
  Se Stallone não alcançasse o sucesso e você soubesse de uma história assim duvido que faria um bom julgamento a respeito desse indivíduo.
  Stallone fazia qualquer coisa por algum dinheiro, e uma delas deu muito certo, foi o estopim para outras que vieram na onda.
  Rocky foi um filme legal que originou uma sequência.
  Não tem explicação lógica porque Sylvester caiu no gosto popular.
  Não acho ele um péssimo ator como muitos dizem, mas também não chega a ser bom.
  Não acho ele feio, mas beleza e charme não é seu forte.
  Sua paralisia facial é realmente estranha, mas como ele é um ator famoso ... tudo é lindo.

  A década de 80 teve dois gêneros de filmes que fizeram muito sucesso e acabaram cansando o público pela repetição da fórmula.

  Na primeira parte é apresentado um cidadão sofrido e humilhado desejoso de alguma mocinha.
  Ele gosta de lutar e encontra um grande mestre de artes marciais.
  Daí por 1 hora é só encheção de linguiça, o filme nos mostra o seu duro treinamento.
  Na luta final o mocinho derrota o vilão e beija a mocinha.
  Rock apenas substituiu o Kung Fu ou Karatê pelo boxe, algo que falava mais a cultura americana.

  Outro gênero era do soldado ou guerreiro super bem treinado que valia por um exército, nesse gênero entrou Rambo.

  Se você assistir filmes bem antigos verá que essa fórmula do mocinho humilhado que se vinga é mais velha do que andar para trás, foi apenas passando por adaptações de acordo com a cultura da época.

  Charles Bronson era um Rocky Balboa armado, de acordo com a cultura americana de glorificação das armas.

  Jean-Claude Van Damme insistiu nas artes marciais seu diferencial é que era um “americano” melhor que os orientais.

 Rocky Balboa foi escrito em um tempo que o Boxe tinha um enorme destaque nos Estados Unidos. 

  Arnold Schwarzenegger fez muito sucesso em Conan o Bárbaro, um garoto pobre, escravizado, humilhado, que cresce, fica forte pra cacete e se vinga de seus algozes e claro fica com uma fantástica mocinha...
 
  Acredito que em nenhum lugar do mundo tem proporcionalmente mais atores que nos Estados Unidos até porque lá há décadas tem um grande mercado cinematográfico.

  Porque Sylvester Stallone se destacou entre tantos?
  Não sei, fruto do acaso, vontade de Deus?

  Só sei que não é por sua historinha triste, o que não falta no mundo são histórias tristes, principalmente fora de países desenvolvidos como é o Estados Unidos.

  Então se você não conseguir realizar seu grande sonho ... não fique deprimido.
  A grande maioria de nós não consegue.
  Eu tenho uma vida muito satisfatória, de onde eu vim e onde estou é uma evolução admirável, mas longe, muito longe do que eu gostaria de ter chegado.
  Eu gostaria de realmente fazer diferença no mundo, um grande político, escritor ou empresário.
  Tenho certeza que a maioria tem sonhos tão grandiosos quanto os meus.
  Se você conversar com crianças de 10 anos verá que elas não pretendem nada menos do que serem o máximo.
  A parte de nascermos pobres e humilhados ninguém quer, mas a parte do enorme sucesso financeiro, profissional e amoroso/sexual isso é padrão.
  O que eu posso escrever para encerrar esse texto?

  Todos desejam o topo da pirâmide, mas por motivos insondáveis poucos alcançam essa situação.
  Tente ser o melhor que você puder ser o resto é história, que a sua seja muito bonita.
  Se tem um filme o qual você sempre é a estrela principal esse filme é a história da sua vida.
  BOA SORTE!

 CUIDE-SE BEM! ♫♫♫♫♫




Anterior          <>        Próximo