sábado, 4 de junho de 2016

Distorção das Estatísticas

  “Um pouco de ciência nos afasta de Deus. Muito, nos aproxima.”
[Louis Pasteur]
 
  Plagiando Pasteur:

  “A ignorância nos faz acreditar em seres mágicos espirituais.
   Pouco conhecimento nos afasta da espiritualidade.
   Muito conhecimento nos aproxima da espiritualidade, não como magica, mas como forma de vida”.
  [William Robson]


  E quando o indivíduo não é ignorante, tem muito conhecimento e mesmo assim não admite nem a hipótese de não estarmos sozinhos nesse planeta?

  Defende com toda certeza do mundo que somos apenas maquinas biológicas.
  Eu encontro muitos indivíduos assim nos meus debates, até semana passada eu os considerava simplesmente ateus fanáticos, mas um desses ateus me trouxe uma provocação, minha mente entrou em espiral e ... aqui estamos nessa sequência meditativa.
_________________________________________________
 “Você (William) está seguindo o caminho:

TEÍSTADEÍSTAPANTEÍSTAAGNÓSTICOATEU

  Na questão dos espíritos você deve voltar para a escola e estudar ciência básica.” [Comentarista Ateu no G+]
__________________________________________________

  Eu fui muito além da ciência básica.
  Mas não acredito em um “Deus Pessoal”, um ser magicamente poderoso criador de tudo, retratado fielmente na Bíblia ou qualquer outro livro sagrado.
  Há forças ou seres muito interessantes nesse planeta, ateus devem ter alguma deficiência física para não serem capazes de perceber.
  (Aqui minha mente entrou em espiral...)

  Todos teriam a mesma capacidade de comunicação?
  Já vimos que não.
  Nossa capacidade de captar ondas ou emitir ondas varia de pessoa para pessoa.

  Eu acho incrível como ateus colocam qualquer fenômeno “difícil de explicar” nos campos da ilusão, fraude ou coincidência.
  É evidente que em qualquer fenômeno devemos considerar essas possibilidades.
  Mas o intrigante é que talvez por “falha de genética” os ateus não consigam ir além disso.

  Até os ateus fanáticos concordam que não surgimos espiritualistas.
  Em algum momento “evolutivo” a mente humana sofreu uma mutação conseguindo uma comunicação melhor (ainda que tosca) com outros seres.
  Entretanto essa mutação não alcança a todos com a mesma intensidade embora seja predominante.
  E porque é predominante?
  Porque ela se mostrou mais eficiente para nossa espécie.

  Os “pajés” eram aqueles que tinham a “mediunidade” mais desenvolvida e se tornaram muito influentes nas tribos de qualquer canto do planeta, em muitos casos eram mais temidos/respeitados que o líder do grupo.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  O que diz a ciência moderna?

  “A equipe médica percebeu que quando entramos em estado de contemplação, algumas áreas do nosso cérebro são ativadas.
  O lobo pré-frontal, responsável pelo controle das emoções e o lobo frontal aumentam de tamanho.
  Outra área ativada é o lobo temporal.
  Pela estimulação cerebral, com aparelhos especiais, ou também pelo eletroencefalograma, os especialistas perceberam que existe um quarto estado de consciência, que é o estado de meditação.
   Neurocientistas começaram a identificar pequenas estruturas, alguns pequenos comportamentos neurobiológicos que podem nos diferenciar.
  “Você pode ter nascido com uma maior probabilidade, uma maior tendência de desenvolver circuitos neurais que te capacitam vivenciar uma experiência que pode ser por você definida como uma experiência mística, transcendental.
   Em contrapartida, você pode ter pessoas que mesmo orando, que mesmo participando de rituais, que mesmo profundamente, não consigam ter estas expansões de consciência, estas experiências ditas místicas, religiosas”.
  O neurocirurgião Raul Marino Júnior complementa que existem ondas rápidas quando estamos desperto, ondas muito lentas quando o indivíduo está em estado de coma e tem as ondas muito especificas quando estamos dormindo.
  Na meditação existe um tipo característico de onda que mostra que a pessoa está em transe.
  É um transe benigno, melhor que o sono”. [G1]

  A religiosidade é algo recente na história da humanidade.
  Não há notícias de outros primatas se comportando religiosamente.
  Isso surgiu no sapiens como algum tipo de mutação cerebral.
  E foi tão mais eficiente que quem não tinha essa mutação foi sendo subjugado.

  Vejam o caso dos ateus no Brasil.
  Politicamente não apitam nada, não são capazes de elegerem representantes.
  Aqui até no partido Comunista [que defende ideais de Marx que era claramente contra religiões] os políticos em sua maioria não se declaram ateus.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Ateus alardeiam o crescimento dos “sem religião” como prova que o ateísmo é o futuro da humanidade.

  TEÍSTADEÍSTAPANTEÍSTAAGNÓSTICOATEU

 TEÍSMO (do grego Théos, "Deus") é a crença na existência de deuses, seja um ou mais de um, no caso de mais de um, pode existir um supremo.
  O teísmo não é religião, pois não se trata de um sistema de costumes, rituais e não possui sacerdotes ou uma instituição.
  Teísmo é apenas o nome para classificar a opinião segundo a qual existe ou existem deuses.

  DEÍSMO é uma posição filosófica naturalista que acredita na criação do universo por uma inteligência superior (que pode ser Deus, ou não), através da razão, do livre pensamento e da experiência pessoal, em vez dos elementos comuns das religiões teístas como a revelação direta, ou tradição.

 PANTEÍSMO é a crença de que absolutamente tudo e todos compõem um Deus abrangente ou que o Universo (ou a Natureza) e Deus são idênticos.
   Sendo assim, os adeptos dessa posição, os panteístas, não acreditam num deus pessoal, antropomórfico ou criador.
  A palavra é derivada do grego pan (que significa "tudo") e theos (que significa "deus").

  AGNOSTICISMO é a visão filosófica de que o valor de verdade de certas reivindicações, especialmente afirmações sobre a existência ou não existência de qualquer divindade, mas também de outras reivindicações religiosas e metafísicas, é desconhecido ou incognoscível.
  Agnóstico vem do grego: a-gnostos, ou seja, não-conhecimento, aquele que não conhece.
  Para um agnóstico, a razão humana é incapaz de prover fundamentos racionais suficientes para justificar tanto a afirmação de que Deus existe quanto a afirmação de que Deus não existe.

  ATEÍSMO, num sentido amplo, é a ausência de crença na existência de divindades.
  O ateísmo é oposto ao teísmo, que em sua forma mais geral é a crença de que existe ao menos uma divindade.
  O termo ateísmo, proveniente do grego clássico (atheos), que significa "sem Deus",

  Aqui cabe um paralelo com tons de pele no Brasil.


  Temos o branco.
  Temos o negro.
  Temos o índio.
  Da miscigenação temos o pardo.

  Alguém decidiu que pardo é negro e não se fala mais nisso.
  Então a maioria da nossa população é negra!!

  Oras, porque não decidir que pardo é branco ou índio!?
  Para eu pardo é pardo, é o tom de pele que mais cresce no Brasil.

  O pardo abrange:

  Mameluco, mestiço de branco e índio.
  Cafuzo é resultado da união entre negro e índio.
  Mulato, resultado da mistura de europeus e africanos

  Para eu “sem religião” é “sem religião”.
  Porque decidir que são ateus!?

  Os ateus estão no grupo dos sem religião, mas não são o grupo dos sem religião.
  É como se separássemos o grupo dos brancos e dos “não brancos”.
  Os negros estariam no grupo dos “não brancos”, mas não seriam todo o grupo.

  Você não vê a importância desse paralelo 😲!
  Na pratica, na vida real, faz toda diferença do mundo.
  Aqui é só um debate teórico, mas a “distorção dos números” criam efeitos reais.
  Vejam o sistema de cotas.
  Se colocarmos pardos como negros pelo menos 54% da população tem direito a cotas. [Que já são pra lá de questionáveis]

  No caso das nações.
  Se colocarmos os “sem religião” como ateus temos a ilusão que uma nação é majoritariamente ateia quando na realidade ela é muito espiritualizada, o Japão é um bom exemplo.
  Seu filho pode ser induzido a uma ideologia com informações falsas e só perceber a enganação depois de muitos desenganos.

  É evidente que esses são apenas dois casos mais fáceis de serem observados.
  É interessante que você Livre Pensador ao se deparar com um dado estatístico se inteire da metodologia usada.
  Procure saber se a fonte é minimamente confiável.
  Feito isso:

  A Filosofia [A visão Holística] é o que deve nos conduzir na interpretação da Matemática.

  A “equação” que até agora é observável na minha vida é:

  Religioso “Tentativa” de ser ateu espiritualista

 A “mutação genética” é muito forte em mim.
 Quando estou meditando ... “o invisível me salta aos olhos.”

  “Como podem achar que Deus está morto, se lhes mostrei o Diabo.” [Possuídos]

I’ll be back..







  Distorção das Estatísticas Distorção da Percepção Distorção dos Resultados/Soluções Ineficiência

Anterior          <>        Próximo