sábado, 23 de julho de 2016

Acenda o Farol

   “Governo sanciona lei que obriga uso de farol baixo em rodovias durante o dia.
     Quem for flagrado com as luzes apagadas será multado em R$ 85,13 e perderá quatro pontos na carteira.” [brasilgov]



_____________________________________________________________________
  “Se é comprovado que funciona como medida de segurança, tô nem aí se os donos de carro vão ter que comprar peças periodicamente...
   Tô mais preocupado com a segurança dos pedestres do que com o bolso dos motoristas.”
[Comentarista no G+]
______________________________________________________________________

  Provavelmente esse indivíduo não tem carro, como a medida não o afeta ele aprova 100%.
  Ele nem pensa que não está condenado a nunca ter carro e quando comprar estará sujeito a mesma rigorosa lei.

  Esse é um dos vários problemas com nós brasileiros cada um só quer ver o próprio lado e assim leis questionáveis vão emperrando nossa sociedade.

  O carro aqui em casa é novo, quando a chave é tirada do contato os faróis apagam.
  Para não esquecermos de ligar o farol basta deixar sempre na posição ligado.
  A possibilidade de eu ou minha esposa sermos multados é quase inexistente, logo eu também não sou afetado, devo aprovar a lei 100%?

  Essa lei vai afetar principalmente as pessoas que tem carros mais antigos.

   O cidadão tem que lembrar de ligar o farol para não levar multa e tem que lembrar de desligar para não arriar a bateria.

  Quanto ao problema de troca de peças considero exagero.
  As lâmpadas são duráveis, mesmo nos carros mais antigos que eu tive troquei lâmpadas raríssimas vezes.

  Essa lei dos faróis como esta não é o fim do mundo, mas “é um transtorno” que o Governo cria a sociedade, no meu entendimento muito mal justificado.

  Lembram daqueles kits de primeiro socorros?
  Lembram dos extintores?
  E da maldita mudança de tomadas?
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Faróis acesos durante o dia aumentam a segurança, mas quanto?

  Como medir isso objetivamente?
  Um acidente sempre tem tantas variáveis, qual o peso da variável farol apagado de dia?

  “Segundo pesquisas realizadas no Canadá, os faróis acesos permitem ao motorista a visualização de um veículo a uma distância de até 3 km nas retas, alertando-o sobre as prováveis situações de risco e gerando ações preventivas para evitar acidentes.
  Também oferecem maior segurança aos pedestres e ciclistas que transitam pelas vias, pois permitem melhor dimensionamento da velocidade e do movimento dos veículos.” [Diário do Nordeste]

  Isso tudo se as partes envolvidas estiverem atentas, verificamos que as conclusões dos canadenses são bem subjetivas.
  Lembremos que nossa visão destaca o que lhe parece fora do padrão.
  Se olhamos para uma plantação de rosas vermelhas e colocamos uma roseira branca no meio isso chama a atenção.
  Se colocarmos uma roseira com rosas vermelhas será uma planta a mais.
  Quero dizer que um carro com os faróis acesos em meio a outros com faróis apagados chama nossa atenção, se todos estiverem acesos e só um carro a mais.

  Em dias claros a visibilidade do farol e tão pequena que até esquecemos de apagar, não percebemos que está ligado.

  Quero deixar claro que:

NÃO sou contra essa lei do farol aceso de dia.

  É obvio que o farol aceso aumenta a visibilidade.
  Se colocarmos uma melancia no teto do automóvel também aumenta a visibilidade.

  Um ônibus ou caminhão tem mais visibilidade que um carro.
  Um carro grande tem mais visibilidade que um carro pequeno.
  Um veículo com som alto tem mais audibilidade que outro com o sistema de som desligado.

  O fato é que nunca saberemos de fato o quanto o farol ligado contribui para evitar um acidente.

  Se os técnicos concordam que a maioria dos acidentes é imperícia ou desatenção e o cidadão não nota 1 tonelada se deslocando em sua direção ... o farol é como colocar brincos em um elefante, de certo aumenta a visibilidade...
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
Proteção ao pedestre.

  Muitos estão aprovando essa medida como proteção aos pedestres, mas então porque o farol não é obrigatório também nas ruas!?
  Afinal nas ruas tem muito mais pedestres que nas rodovias.

  “Talvez” porque tem um lado da pesquisa que os técnicos não querem revelar para não “nos confundir”.

  É justamente o que eu citei no início do texto.
  Nosso cérebro identifica melhor variações mais intensas como preto/branco, apagado/aceso, vermelho/verde...
  A sinalização de seta chama nossa atenção por acender e apagar.

  Variações mínimas ficam mais difíceis de chamar nossa atenção.
  Quem nunca viu aqueles posts onde pedem para encontramos na imagem algum desenho ou objeto em particular?
  É difícil achar porque o objeto se confunde com o padrão ou cor da imagem.

  Porque na cidade o uso dos faróis de dia é opcional, uns acendem outros não, isso cria uma variação visual benéfica para o pedestre.
  Lembremos que motos e ônibus são obrigados a andar com faróis sempre ligados.
  Minha moto não tem onde desligar o farol baixo, ela veio de fabrica assim.
  Eu ligo a chave o farol acende, mesmo sem acionar o motor.

  Na cidade o pedestre naturalmente terá essa variação, motos e veículos grandes luz acesa, carro comum farol apagado.

  Se todos andarem com as luzes ligadas isso chama menos a atenção do pedestre ... é só um farol a mais.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Não sou contra a medida, mas que ela parece uma tática suja para aumentar a arrecadação com multas isso parece.

  Essa é a questão que me provocou a escrever esse texto

  Precisamos de uma nova classificação na legislação de trânsito.

  INFLAÇÃO LEVÍSSIMA OU DISCIPLINAR.

  Nesse tipo de inflação não seria tirado pontos da carteira e a multa seria baixa.
  Uma multa disciplinar bem abaixo de uma multa “punitiva.”
  Cartinha ou advertência verbal não significa nada para boa parte dos motoristas.
  A pessoa não vai se preocupar em ligar os faróis se a consequência for apenas o guarda olhar com cara feia ou uma carta de repreensão.
  Digamos que a multa seja de 30 reais.
  Ninguém quer perder 30 reais de bobeira.
  É um incentivo suficiente para o cidadão se preocupar em ligar os faróis.

  Mais importante seria o governo colocar uma lei onde todos os carros novos já saíssem de fábrica com luzes que ficassem ligadas sempre que introduzíssemos as chaves e desligasse automaticamente ao retirarmos. [Como acontece com as motos] 

  Se bem que acredito que as montadoras já devem estar fazendo isso nos modelos novos, tenho visto muitos carros com lâmpadas sinalizadoras de Led.
  Acontece que a maioria dos brasileiros não tem grana para comprar carro zero, a renovação da frota demora muito.
  Aplicando uma leve multa disciplinar “incentivaríamos” o cidadão a adotar o farol aceso como medida de segurança e não arrancaríamos seu couro em caso de esquecimento...

  Sem grandes transtornos iríamos introduzindo essa nova medida de segurança.

  É sempre desagradável quando pagamos ou elegemos pessoas para facilitarem a nossa vida e elas só complicam...




  Se alguém ligou
   Acenda o farol, acenda o farol
   Se alguém ligou, minha senhora
   Se alguém lhe amou, e foi-se embora
   Você pode se encontrar
   Você deve se ajudar
       E viver tranquilamente” ♫♫♫♫



Anterior          <>        Próximo
Postar um comentário