sábado, 3 de setembro de 2016

Jesus e os Porcos

  Uma grande manada de porcos estava pastando numa colina próxima.
  Os demônios imploraram a Jesus:
 "Manda-nos para os porcos, para que entremos neles".



   Um homem com um espírito imundo veio ao encontro de Jesus.
   Esse homem vivia nos sepulcros, e ninguém conseguia prendê-lo, nem mesmo com correntes.
  Ninguém era suficientemente forte para dominá-lo.
  Noite e dia ele andava gritando e cortando-se com pedras entre os sepulcros e nas colinas.
  Quando ele viu Jesus prostrou-se diante dele e gritou em alta voz:
 "Que queres comigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo?
  Rogo-te por Deus que não me atormentes! "

 Jesus: "Saia deste homem, espírito imundo! Qual é o seu nome? "

 "Meu nome é Legião porque somos muitos, não nos mande sair dessa região.”

  Uma grande manada de porcos estava pastando numa colina próxima.
  Os demônios imploraram a Jesus: "Manda-nos para os porcos, para que entremos neles".
  Ele lhes deu permissão, e os espíritos entraram nos porcos.
  A manada de cerca de dois mil porcos atirou-se precipício abaixo, em direção ao mar, e nele se afogou.
  Os que cuidavam dos porcos fugiram e contaram esses fatos na cidade e nos campos, e o povo foi ver o que havia acontecido.
  Quando se aproximaram de Jesus, viram ali o homem que fora possesso da legião de demônios, assentado, vestido e em perfeito juízo; e ficaram com medo.
  Os que o tinham visto contaram ao povo o que acontecera ao endemoninhado, e falaram também sobre os porcos.
  Então o povo começou a suplicar a Jesus que saísse do território deles.
  Quando Jesus estava entrando no barco, o homem que estivera endemoninhado suplicava-lhe que o deixasse ir com ele.
  Jesus não o permitiu, mas disse: "Vá para casa, para a sua família e anuncie-lhes quanto o Senhor fez por você e como teve misericórdia de você".
  Então, aquele homem se foi e começou a anunciar em Decápolis quanto Jesus tinha feito por ele.
  Todos ficavam admirados.
  [Marcos 5:1-20]

    Eu “limpei” a passagem bíblica para ficar mais compreensível, mas nada foi tirado do contexto, dito isso…
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  “Todos sabemos que o único ser perfeito que passou pela Terra foi Jesus, o único que viveu sem pecado.”
  [Colega no trabalho]
_____________________
  Eu não sei disso não, respondi.
  O colega me pediu um exemplo e citei essa passagem onde uma manada de porcos é sacrificada.
  Não sei como alguém perfeito pode simplesmente matar sem razão 2000 porcos.
  Ele disse que era apenas uma parábola.
  Eu não gosto de debater em local de trabalho … deixei passar, mas aqui no Blog vamos além.

  NÃO, não é uma parábola.

  Se fosse uma parábola seria apenas uma história de mau gosto, mas do jeito que é narrado na bíblia foi um fato real.
  Jesus expulsou uma legião de demônios de um homem, esses demônios entraram em uma vara de porcos e todos os porcos morreram no mar.

  Os demônios morreram junto com os porcos?

  Acredito que não.
  Assim como eles deixaram o corpo do homem e entraram nos porcos poderiam sair deles atrás de outro hospedeiro.
  Depois que Jesus partiu poderiam inclusive voltar para o antigo hospedeiro.
  Quem já conheceu endemoniados sabe que eles tem muitas recaídas.
  Uma vez que o portal foi aberto … fechar é bem difícil, um exorcismo bem sucedido nunca é uma cura definitiva.
  Então de que valeu a morte de tantos porcos?
  Imagine o prejuízo dos proprietários, pense no tanto de alimento desperdiçado.

 “Então o povo começou a suplicar a Jesus que saísse do território deles.”

  A passagem bíblica é tão econômica nesse parágrafo que não dá para deduzir muita coisa, mas podemos especular que os moradores ficaram muito revoltados.
  A cura do endemoninhado lhes custou bem caro.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
Jesus perfeito e sem pecado? 

  Se nós reduzirmos a palavra pecado ao seu menor conceito possível eu diria que pecado é fazer mal ao próximo, prejudicar alguém de alguma maneira.
  Jesus prejudicou muito aquela população ao destruir tantos animais, o endemoniado era um mal menor.
  Porque Jesus não destruiu os demônios!?

  E quanto aos porcos?

  Qual a culpa dos animais para serem usados de forma tão grotesca?

  Hoje em dia muitos humanos tomaram consciência que temos que respeitar outras espécies.

  Eu sou contra testes laboratoriais com animais, qualquer animal, inclusive ratos.
  Mas infelizmente tenho que aceitar quando não tem outro jeito e a pesquisa pode trazer uma melhora da qualidade de vida.

  Eu acabaria com zoológicos acho um lugar deprimente.
  No mundo deveria haver várias reservas onde os animais pudessem ficar em seus habitats, nós humanos entraríamos naqueles carros jaulas para visita-los.



  Um dos motivos para eu desejar a menor natalidade e redução da população de humanos é para não consumirmos tanta carne.
  Gostaria de ver frangos e bovinos sendo criados de maneira muito mais respeitosa, me dá aflição ver como esses animais são criados e abatidos.

  Enfim, nós humanos ainda precisamos evoluir muito no trato com outras espécies.

  A pergunta que eu faço e óbvia.
  Jesus não era um espirito evoluído? 
  A vida de um animal não significava absolutamente nada para ele?

  Eu até gosto da imagem perfeita que fazem de Jesus, um ideal de paz e amor a ser seguido.
  Apenas observo que não dá para o indivíduo acreditar 100% na bíblia e manter esse conceito de Jesus.

  Você acredita que existiu algum dia alguém que viveu sem pecado OU acredita na bíblia … as duas coisas não dá.


  Essa lógica entra em sua mente?



Anterior          COMENTAR        Próximo