sábado, 19 de novembro de 2016

Adeus Mundo

“O suicídio é a causa de morte mais frequente de homens abaixo dos 50 anos na Inglaterra e no País de Gales.
  Homens têm quatro vezes mais chances de acabar com a própria vida do que as mulheres.”  

  FILHO DE SUICIDA INVESTIGA POR QUE TANTOS HOMENS SE MATAM NA FAIXA DOS 40.

  O pai de Simon Jack cometeu suicídio aos 44 anos.
  O suicídio leva um número preocupante de vidas em todo o mundo e, no Reino Unido, os homens sofrem um risco muito maior do que as mulheres.
  O suicídio é a causa de morte mais frequente de homens abaixo dos 50 anos na Inglaterra e no País de Gales.
  Homens têm quatro vezes mais chances de acabar com a própria vida do que as mulheres.

   Qual a razão de homens serem mais suscetíveis ao suicídio e o que pode ser feito a respeito, se é que algo pode ser feito?

  A incidência de suicídio chega ao auge por volta dos 40 anos.
 É possível adivinhar as razões, a esposa vai embora e leva os filhos, o homem perde o emprego em uma idade em que é difícil conseguir outro.
  Tudo isso pode gerar estresse em homens.
  No caso do meu pai, nenhuma destas razões poderia explicar seu suicídio.
  Ele era um homem popular, gregário e talentoso, com uma mulher amorosa e quatro filhos, dos quais eu era o mais velho.

  Para tentar descobrir as causas, perguntei para os Samaritanos, cuja pesquisa é baseada em 60 anos de experiência.
  O trabalho deles destaca uma série complexa de fatores - incluindo problemas financeiros e emocionais, traços de personalidade, desafios da idade e questões de saúde mental.
  Todos estes problemas afetam mulheres também.
  Então, qual a razão de que, apesar de metade dos telefonemas recebidos pelos Samaritanos ser de mulheres, quatro vezes mais homens acabam mortos?

  Existe uma opinião muito comum de que suicídio é prova de doença mental.
  O argumento é que, se você comete suicídio, você precisa estar sofrendo de uma doença mental diagnosticável como depressão.
  Frequentemente, a doença mental é parte do problema, mas não é uma explicação suficientemente completa para isto.

"Acreditamos que a maioria das pessoas que morrem por suicídio tem uma doença mental, mas menos de 5% das pessoas com uma doença mental acabam com a própria vida"

 Descobri que meu pai tinha casos extraconjugais e problemas financeiros que só foram descobertos depois da morte e nunca foram discutidos antes.

  Estes tipos de problemas podem ajudar a explicar a alta taxa de suicídio entre homens da faixa dos 40 anos, mas o suicídio também é a maior causa de morte entre os homens 20 e 34 anos, quase um quarto de todos os óbitos.

  Conversei com Stephen Habgood, presidente da instituição de caridade britânica de prevenção de suicídio entre jovens chamada Papyrus.
  O filho dele suicidou se aos 25 anos e, novamente, era considerado um jovem popular e extrovertido.
  Sua morte foi um grande choque para a família.

"Ele era tão atraente, era bonito (....) muito eloquente, parecia muito confiante", diz Habgood.

  Mas, por mais eloquente que parecia ser, Chris nunca conversou sobre seu estado com sua família.
  O pai afirma que esta falta de habilidade ou relutância dos homens de todas as idades para falar sobre o que sentem é a chave para explicar o número maior de suicídios masculinos.

  Há uma experiência mental muito útil para ilustrar estes casos, segundo Joe Ferns, diretor-executivo de políticas dos Samaritanos.

"Imagine chegar no trabalho na manhã de segunda-feira e encontrar alguém triste no escritório, chorando por algo que acontece no fim de semana.
  Se fosse uma mulher, alguém a levaria ao banheiro, teria uma conversa com ela e ninguém pensaria nada muito sobre isto."

 "Se o mesmo acontecer com um homem, que chora em sua mesa, acho que a reação das pessoas seria muito mais dramática.
  As pessoas presumem que algo muito ruim deve ter acontecido", acrescentou.

  Há uma diferença na forma em que reagimos a homens e mulheres quando eles expressam o que sentem.

"Este é o principal problema com os homens.
 Eles não se abrem.
 Mas não deveriam absolutamente ter nada do que se envergonhar."

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬



  Patrícia Marx relembra o passado e faz revelações sobre a carreira.


  O que é se abrir?
  Falar com outras pessoas sobre nossos sentimentos ou problemas?

  As pessoas dizem que sou fechado no entanto nos meu blogs eu torno público milhares de acontecimentos em minha vida.
  Praticamente tudo que está no Blog já comentei com pessoas em conversas.

  Nós homens sempre falamos sobre nossos problema, mas não de maneira excessiva como as mulheres. (Sem generalizações)

  Não podemos estabelecer um padrão do que é “se abrir” tendo como critério o gênero feminino.

  A grande maioria dos homens NÃO comete suicídio então fica bem claro que essa situação é uma exceção, mas meditemos sobre ela.

  Cada homem valoriza muito alguma coisa.

  Ele pode ter obsessão por uma mulher, hobby, estilo de vida...
  Eu gosto muito de ler e escrever a vida ficaria extremamente monótona se eu ficasse cego ou se no Brasil ocorresse um cerceamento muito grande da liberdade de expressão, sem dúvida eu ficaria muito deprimido.

  Gosto da minha independência física, um grave problema de saúde me afetaria profundamente.
  Depender de outras pessoas para comer, trocar de roupa, ir ao banheiro seria o fim para mim.

  Lendo a história desse pesquisador na BBC, acredito que o que mais pesou na decisão de seu pai de se suicidar foi o fator financeiro.

  Casos extraconjugais custam caro.
  Se o cidadão ama/gosta de uma mulher e outras são só prazer ... quando a coisa aperta ele dispensa todas as outras e fica com a que mais gosta.
  Se decide pela esposa ou uma das amantes.
  O duro é quando o sujeito realmente gosta de duas mulheres e não consegue abrir mão de nenhuma.
  Se nessa montanha russa de emoções ainda acontece uma pane financeira … alcoolismo, drogas, suicídio são desdobramentos bem prováveis.

  É muito difícil um homem razoavelmente bem sucedido passar por graves problemas financeiros e não baixar o libido. (Desejo sexual)

  [Para o cara que sempre esteve na pindaíba não faz diferença 😀]

  A equação fica assim:

😄 O cidadão tinha uma boa renda, esposa, filhos e uma ou duas mulheres para o lazer.

😩 Agora a renda se foi, não consegue mais dar no couro … como segurar uma mulher que seja?

  Tá, ele pode se conformar com um emprego medíocre e quem sabe a esposa não peça o divórcio em nome dos filhos e do passado.

  E aqui chegamos ao ponto mais delicado da nossa meditação.

Não escolhemos o que sentir.



   Quem experimentou a “nobreza” pode não suportar mais ser “plebeu”.

  Vi uma entrevista da cantora Patrícia Marx e deu até dó.
  É o caso típico de uma pessoa que se acostumou com o sucesso e não suporta viver sem ele.
  Eu gosto da ☛♫♫♫♫  voz da Patrícia, mas isso não basta para se manter no topo das paradas.
  Em qualquer concurso mais sério de calouros o que não falta são vozes maravilhosas.

  Patrícia diz que o mundo artístico é só ilusão.
  Não sei porque!
  Seu sucesso foi bem real, indiscutível.

  Patrícia diz que perdeu a infância!
  Caraca, quantas crianças sonharam estar no lugar dela.
  Patrícia teve infância e foi muito especial.
  É evidente que nada é só maravilhas.
  Será que ela gostaria de trocar minha infância com a dela?
  Com 11 anos acordando antes das 4 da madrugada para trabalhar em uma banca de feira.
  Tantas garotinhas sonham em aparecer na TV, mas pouquíssimas conseguem.

  Patrícia disse que certa vez uma produtora lhe deu um beliscão por ter saído da coreografia.
  Nossa que coisa terrível hein!
  A produtora não devia ter feito isso, mas inúmeras crianças já levaram beliscões ou coisas piores por suas peraltices
  Lembrei que minha irmã Simone ameaçava afogar meus sobrinhos na privada. 😀
  Crianças por vezes te tiram do sério.
  Certa vez um sobrinho abriu o armário da cozinha e fez a festa com uma caixa de maizena.
  Eu falei um pouco mais alto com ele e foi o suficiente para meu cunhado pegar a criança e sair de casa irritado.
  Será que a Patrícia já não tinha feito várias coisas irritantes e sair da coreografia foi só a gota d’agua?

  Patrícia diz que foi assediada sexualmente.
  Caraca, Caraca, Caraca!
  Ela começou bem garotinha, mas foi crescendo e se tornou uma adolescente e mulher muito bonita.
  Eu tenho filhas adolescentes, com certeza são assediadas por alguém.
  Uma tem 13 outra tem 16, para eu são minhas garotinhas, mas para outros homens e lésbicas são corpos que ficarão cada dia mais atraentes.

  A ADOLESCÊNCIA É UMA FASE DE MUITO APRENDIZADO INCLUSIVE O DE LIDAR COM ASSÉDIOS.

  Uma moça vai receber muitas cantadas, algumas graciosas, outras bem humoradas, outras grosseiras é preciso aprender a lidar com isso.
  É preciso denunciar em casos que passam de um “certo limite”.
  Sim, porque nem todo assédio/cantada é rejeitado pela mulher.
  A cantada do cara que ela acha bonito/legal é sempre interessante.
  A cantada do cara pelo qual não tem simpatia é sempre sem noção.

“Que vontade de morder seu pescoço.”

  Se é alguém que a moça acha interessante ela considera uma cantada romântica tipo Saga do Crepúsculo.


  Se é alguém que a moça não tem interesse é assédio nojento.


▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Tudo isso é maquiagem para o real sentimento da Patrícia o qual ela entrega em uma frase.

  “Você é uma criança talentosa, um gênio, de repente cresce perde a graça!?”

  Patrícia teve uma infância majestosa e não se conforma em ter uma vida adulta de plebeia.
  Lotava estádios e hoje não encontra nem teatros disponíveis.

  Mulheres vão se arrastando pela vida deprimidas homens preferem pôr fim a vida.

  Essa é mais uma característica dos gêneros masculino e feminino.
  Mulheres são mais esperançosas sonham que os momentos bons do passado sempre podem voltar.
  Homens são mais céticos, o bom da vida ficou para trás e não volta mais...

  "QUERIDO MUNDO, ESTOU DEIXANDO VOCÊ PORQUE ESTOU ENTEDIADO."
  Foi com esse recado que o ator americano dos anos 50 George Sanders se despediu da vida.
  Assim como ele, o jornalista e beberrão Hunter Thompson reclamou em sua carta suicida que era um baita tédio ter vivido 17 anos além dos 50 - e que não via a hora de se mandar.
[Superinteressante]



Anterior          COMENTAR        Próximo