domingo, 2 de abril de 2017

Regulamentação do Aborto

O que não gosto nessas campanhas pró regulamentação do aborto é a excessiva vitimização da mulher.

  A não ser em caso de estupro ou defeito de fabricação do método anticoncepcional; a mulher sabe muito bem o que pode acontecer quando transa irresponsavelmente.

  Aceito o aborto justamente para proteger o embrião de vir a ser uma criança nascida em uma situação precária.

   Nascer de uma mulher irresponsável, de um pai que ele vai ter que descobrir quem é, geralmente em situação de pobreza...
NINGÉM MERECE.






  “VEJA acompanhou durante quase meio ano a luta de Ligia, usuária de droga e mãe de um bebê de 7 meses, contra o vício que já está em 1 milhão de lares brasileiros”

  Usuários de drogas também são vítimas inocentes da Sociedade!?
  Alguém ainda não sabe dos problemas provocados pelo vício!?



  Um grande problema contemporâneo é a “vitimização”.

  Indivíduos fazem escolhas erradas, agem irresponsavelmente e se sentem vítimas das pessoas mais ajuizadas.
  Como se não bastasse, as pessoas ajuizadas realmente se sentem culpadas!!!

  TÁ TODO MUNDO LOUCO!?

  Acredito que não, tenho esperança que não.
  Que a “Deusa Internet” desperte nosso bom senso e nos leve aos nosso melhores dias.
  Amém?
 




Anterior          COMENTAR        Próximo