sábado, 10 de junho de 2017

Universidade Paga

    O governo sancionou uma lei que reserva 50% das vagas em universidades federais para negros e alunos de escolas públicas.
  Qual sua opinião sobre cotas?


  
  O ingresso nas Universidades deve ser por MÉRITO.
  Se o aluno passar e não puder pagar daremos subsídios de acordo com sua necessidade.

  Se eu fosse Deputado apresentaria o seguinte projeto de lei:

  Da “renda familiar” seria tolerável o gasto de até 15% com educação superior.

  Vou fazer uma simulação, claro que os valores seriam submetidos a debates e análises técnicas.

  Renda familiar de até 7 mil isenção total.
  Ou,
  Podemos estabelecer como unidade de referência o salário mínimo vigente.
  Até 8 salários mínimos isenção total.

  Suponhamos que o casal tenha renda de 10 mil.
  Se o valor da mensalidade do curso fosse 2 mil eles pagariam no máximo 1500 reais.

  Como seria averiguada a renda?
  Se o aluno tiver pai e mãe somamos a renda dos dois, se o aluno trabalhar, sua renda também entra na soma.

  A renda de um irmão ou outro familiar não entraria no cálculo a não ser que na falta do pai e da mãe ele fosse o responsável.

  Como isso seria fiscalizado?
  Através da declaração de IR anual.
  Como as Universidades são diretamente ligadas ao Estado o cruzamento de dados ficaria fácil.
  O único jeito da família se livrar da obrigação seria fraudar o imposto de renda, o que já seria caso de polícia federal.

 “Medicina da USP tem 42% de novatos com renda familiar acima de R$ 10 mil”


                     




-----------------------------------------------------------------------------------------